Image Slider

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Review: Once Upon a Time 7x01 - "Hyperion Heights"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Hyperion Heights", exibido no dia 06/10/2017!

Esse episódio marca a nova era de Once Upon a Time. As histórias são outras com novos personagens em sua maioria; os caminhos são outros e nos levam ao Henry em sua vida adulta.

once upon a time 7x01

Não vou negar, fiquei com uma sensação estranha o tempo todo. Começar de novo é difícil. Conhecemos um Henry igual à Emma no episódio piloto, descrente e meio egoísta. O episódio inteiro só consegui pensar o quanto queria que essa descrença se transformasse logo. Imagino que um dos maiores desafios para os escritores vai ser tirar de mim essa sensação de que começamos da estaca zero e impedir que fique cansativo rapidamente.

Como já tínhamos visto, Henry vai para um reino desconhecido. Para isso, ele teve que se despedir de todos em Storybrooke para ir viver suas próprias aventuras e se descobrir. Admito que ainda não estou convencida dessa storyline. Claro, entendo que ele queira sair de casa e se aventurar, mas depois de todas as complicações que essa família teve ao longo dos anos, eu imaginaria que ele gostaria de ficar mais com eles. Além disso, fico triste em pensar que Emma e Regina perderam tanto da vida do filho.

De qualquer forma, é isso que ele faz. E vive alguns anos longe de casa até conhecer Cinderela/Jacinda quando estava prestes a voltar. Adorei como mudaram a história da Cinderela ainda mais. Ela vai para o baile, mas com um objetivo completamente diferente que o original: matar o príncipe. Pois é, foi ele que matou seu pai. E o que mais surpreende é que, de alguma forma, a madrasta da Cinderela contava que a agregada o matasse.

A questão toda gera uma confusão, mas a conexão entre Henry e Cinderela já estava feita. Ele sente que precisa ajudá-la de qualquer forma e nem Alice consegue fazê-lo mudar de ideia. Logo, quando a Cinderela some, Henry vê que a única saída é ir atrás dela e ficar mais um pouco no novo reino.

once upon a time 7x01

Por falar em Alice, temos uma nova versão também. O mais curioso é que ela tem uma ligação forte com Rumple, a ponto de ela drogar Henry e tentar impedi-lo de interferir na história da Cinderela. Agora, porque Rumple queria que ela fizesse isso? Não fazemos ideia.

No presente, continuamos na mesma inconstância e caráter dúbio de Rumple. Nunca se enganem com ele, nem com aquele season finale, infelizmente. Em Hyperion Heights, Rumple é um detetive da polícia com métodos que envolvem tortura e tem cara de ser corrupto. E, para complicar as coisas, se torna parceiro do recém-promovido Detetive Rogers.

Devo dizer que achei engraçado ver Killian mudado. Foi fofo vê-lo todo feliz e sem jeito ao descobrir que se tornou um detetive. Apesar do lado positivo, acaba que ele começa a cair nas teias de Victoria Belfrey (madastra de Jacinda), o que deve gerar certos conflitos no futuro. Para acabar com nossos corações de vez, o livro de Lucy acaba parando nas mãos de Killian - o que nos traz esperanças de que ele pode ser uma das primeiras pessoas a acreditar na menina ou, no mínimo, ser mais favorável à garota.

once upon a time 7x01

A história do episódio basicamente é uma apresentação de Henry ao mundo em que Jacinda e Lucy vivem. Enquanto Jacinda tem dificuldades em manter um emprego, Lucy tenta fazer Henry acreditar que é pai sim. Umas das coisas que complicam é que, na história anterior, Emma acreditava que Henry era seu filho pelo menos. Agora, como Henry acredita que sua família foi morta, nem isso temos a nosso favor. Ele nunca conheceu Jacinda e, portanto, nunca poderia ter uma filha com ela. O trabalho de Lucy é díficil.

Além disso, tem Victoria e Ivy/Drizella, a segunda família de Jacinda. Victoria é a perfeita megera que manipula todos, inclusive Henry, e acaba conseguindo tirar Lucy da mãe para morar com ela. Já Ivy parece fazer tudo que a mãe pede, mas continua sendo rejeitada de certa forma. Talvez isso significa que ela não seja tão má quanto à mãe, quem sabe.

Por fim, temos Regina (ou tenho que chamar de Roni agora?). Ela é dona de um bar na nova cidade e, apesar de não ter muito foco na história do episódio, é inspirada por Lucy e decide ser mais uma pessoa que luta contra Victoria com um belo discurso de esperança. Uma sacada dos escritores foi mudar a situação de Hyperion Heights. A cidade é bem real, sempre existiu e mistura pessoas do nosso e outros mundos, diferente de Storybrooke. Ainda assim, ela muda de uma hora para outra sem explicação. Um belo jardim se transforma em um campo vazio ou um cemitério se revela ser um estacionamento.

once upon a time 7x01

Devo continuar a assistir?
Resumindo isso tudo, vamos ao ponto mais importante. Você, como fã da série, quer saber se vale a pena continuar assistindo a série, não é? Eu diria que o episódio não foi super fantástico. A sensação de perda está bem viva na minha memória, especialmente porque queria que explicassem logo porque quase ninguém que conhecemos está ali, o que não aconteceu nesse primeiro episódio. Eu sei que deve ser no próximo, mas ainda assim.

Esse é motivo de eu continuar a ver a série. Por enquanto, tudo que quero saber é se conseguirão explicar isso tudo direito. Pode não ser perfeito, mas quero muito que criem uma história que eu possa engolir. Não me decepcionem. E, de preferência, façam o Henry acreditar logo. Terceiro episódio no máximo, tá? Então tá bom.

O melhor
+ Lucy é fofa.
+ A história da Cinderela teve uma boa reviravolta.
+ Adorei o fato do Henry ser o autor do livro da Lucy. Ele sabe de tudo que aconteceu, só acha que foi sua imaginação.
+ Discurso da Regina/Roni.

O pior
- Ainda não entendi qual foi a do Henry de ir embora.
- Quero meus personagens de volta, mas principalmente uma explicação!!
- Rumple, argh, why.

Nota 7,2
Mariana Oliveira Sou Publicitária, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Acho que começo uma série nova toda semana. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1