Image Slider

sexta-feira, 5 de maio de 2017

WTF is... American Crime Story: The People v. O.J. Simpson?


Em American Crime Story, mergulhamos nos bastidores de um dos casos mais famosos – e controversos – dos Estados Unidos: The People v. O.J. Simpson.

A história é essa: Orenthal James, “O.J.”, é acusado de assassinar brutalmente Nicole Brown, sua ex-mulher, e Ron Goldman, um amigo dela. Evidências não faltavam. Foi encontrado sangue dele na cena do crime (e em vários outros locais); ele era o dono das luvas usadas no assassinato; e existia um longo histórico de abuso doméstico no relacionamento dos Simpson.

Se sua 1ª reação é gritar “prendam-no!”, calma. O.J. era um atleta estadunidense extremamente famoso. Por si só, isso dificultava muito o trabalho de Marcia Clark (Sarah Paulson) e William Hodgman (Christian Clemenson) da Promotoria.

Além disso, ao levantar acusações contra o tratamento e o racismo existente na Polícia da Califórnia, possibilitado pelos mesmos devido a vários erros no manuseio das evidências, Johnnie Cochran (Courtney B. Vance), do time de Defesa, deixa a situação ainda mais complicada.

Pior, Robert Shapiro (John Travolta) envolve, desde o início, a mídia. Então, o que já seria, naturalmente, um evento de grande interesse público, se torna um grande circo televisionado.

Eles não merecem suas lágrimas, Marcia!
Quem mais sofre com isso é a Promotoria. Especialmente, Marcia Clark. Toda sua vida é exposta nas páginas do jornal: do seu divórcio – passando sua capacidade de cuidar dos próprios filhos – até fotos nuas de muitos anos antes do caso. O.J., por outro lado, é celebrado e defendido.

Se isso faz seu sangue ferver, um aviso: prepare-se. Você só vai ficar cada vez mais horrorizado. São situações absurdas e dolorosas quase o tempo todo; o tribunal se torna um verdadeiro campo de batalha.

De um lado, Marcia Clark, William Hodgman e Christopher Darden (Sterling K. Brown), este último desempenhando papel essencial à equipe em detrimento de sua reputação na comunidade negra da Califórnia. Do outro, Johnnie Cochran, Robert Shapiro, Robert Kardashian (David Schwimmer) e F. Lee Bailey (Nathan Lane). E todos têm seus motivos pessoais para estarem tão envolvidos nessa história.


Os atores e as atrizes de American Crime Story: The People v. O.J. Simpson são incríveis. Não há outra forma de descrever o trabalho desses profissionais. Particularmente, Sarah Paulson, David Schwimmer e Courtney B. Vance. Não é à toa que ganharam tantos prêmios.

A série do FX tentou, ao máximo, ser fidedigna ao seu material de consulta – The Run His Life: The People v. O.J. Simpson – e à história original. E o fez com maestria. Basta ver a comparação visual acima.

Se tenho alguma reclamação em relação à série, não é exatamente a ela, mas, sim, à história em si. Que raiva do final. Inevitável, talvez até mesmo de conhecimento comum. Uma afronta, independente do ângulo que se veja, às mulheres. De Nicole Brown à Marcia Clarke e tantas outras. Melhoremos.

Thaís Cabral - Estudante de Publicidade, pseudo-escritora, leitora compulsiva e chocólatra. Gosto de séries de TV (americanas e/ou britânicas), filmes e anime/mangá.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1