Image Slider

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Review: Agents of SHIELD 4x16 - "What If..."

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "What If...", exibido no dia 04/04/2017!

agents of shield 4x16

Bem vindos ao admirável horripilante mundo novo, como Simmons diria. Depois de esperar mais de um mês para conhecermos o Framework, finalmente chegou a hora. O mundo está de cabeça para baixo, por um lado temos Daisy tentando lidar com o seu eu do passado, digamos, e um namoro (hoje inconcebível) com Ward, enquanto, do outro, temos Jemma acordando dos mortos e lutando para escapar da Hydra

Admito que ao ver o teaser com a morte de Jemma no Framework eu não gostei nem um pouco, mas, se pensarmos racionalmente, a ideia é bem interessante. Além de vermos um outro lado de alguém que acorda nesse mundo sem se encaixar em qualquer lugar sem precisar enganar as pessoas como a Daisy, os efeitos disso em Fitz são consideráveis. Sem a Jemma ali, Leo é muito facilmente comprado por todas as ideias da Hydra e Aida, o que tem certo sentido. 

Não vou parar para pensar em tudo, mas eu diria que o Framework muda todo o passado dos personagens fazendo com que a situação em que estão hoje faça algum sentido, sem que percebam que não deveriam estar no lado da Hydra e etc. Ainda assim, fico pensando no fato do Framework acabar com o maior arrependimento ou dor das pessoas e como seria para o Fitz. Quando ele mencionou o pai deu a entender que eles eram mais próximos. Quem sabe não é isso? Será que veremos os dois?

Além disso, temos sua relação com a Jemma. Com Aida está controlando, é provável que eles nem se conheçam nesse mundo alternativo, mas estou ansiosa para ver o reencontro. Acho bom que a faísca que falta para acordar Fitz disso tudo seja a Jemma, mas uma coisa de cada vez.

Com Simmons 'morta', sua entrada no Framework fica um tanto complicada. Ela precisa de uma identidade para se identificar e é quase pega algumas vezes. Ao longo do processo, a vemos analisar o quão realística é essa realidade em que estão, a ponto de todos ali terem passado, ambições e lógicas plausíveis. Não deve ser difícil ser sugado por ela.

agents of shield 4x16

Jemma se mete em algumas encrencas, mas acaba dando um jeito. Rouba um carro, encontra o aparelho que levará todos para casa de novo e decide ir buscar um de seus amigos. O mais acessível é Coulson. Ele é um professor aliado da Hydra e, mesmo sendo compreensivo, se recusa a acreditar em tudo que Jemma diz. Nem mesmo "É um lugar mágico" e sua bonequinha havaiana parecem ser sinais suficientes para ele de que algo está errado. 

Enquanto isso, Daisy tem grandes problemas em lidar com uma realidade que é contra os inumanos a todo custo. Não só isso como Ward e seu romance é um tanto assustador. Imagina acordar do lado da maior traição que já sofreram? Um homem que quase matou Fitzsimmons, se transformou na face do mal, te manipulou e fez Lincoln e tantas outras pessoas morrerem. Foi difícil, no mínimo.

Daisy até que lida bastante bem. Ela fica em choque, mas decide engolir isso tudo e comprar a mentira. Ela passa por inumanos sendo machucados, May raivosa e zero materna, Ward a questionando o tempo todo e Fitz torturando um inumano. A situação toda é bem bizarra.

Bahrein passa a ser um evento importante. May salvou a menina inumana como gostaria tanto, mas isso resulta em um ataque desastroso, em que a culpada é a tal inumana. A partir daí, os inumanos são vistos como ameaça e a Hydra é a única instituição que não omite os perigos dos inumanos, como Coulson diz em sua aula, ganhando poder para controlar o governo. Sem ter conhecido Phil ou ter feito amizade com nosso time, ela foi se tornando cada vez mais fechada e rígida ao longo dos anos. 

Já Fitz é conhecido como "O Doutor", por suas invenções contra os inumanos. Posso falar o quão distorcido é isso? Ele se culpa bastante pelo fato de ter ajudado o Radcliffe e agora está em uma realidade em que realmente é o responsável por um monte dessas coisas? Tadinho do Fitz. E, ainda por cima, está com a Aida - ou será que eu deveria dizer Madame Hydra? Não vou negar, amei o look e o fato de terem usado a personagem de maneira tão inteligente, mas meu coração é Fitzsimmons all the way.

agents of shield 4x16

O fato é que o episódio foi só o começo de tudo. Fomos apresentados às novas personalidades e entendemos um pouco desse novo mundo, mas não pensem que não progredimos. Daisy finalmente consegue se livrar da Hydra e ir até o ponto de encontro de Simmons. As duas finalmente se juntam, mas têm uma surpresa: Ward aparece. Não só isso como May e Fitz logo percebem a ameaça de Simmons, o que faz Daisy e Jemma correrem perigo agora.

Para fazer um paralelo daqueles, Ward se revela ser um agente duplo para a Shield dentro da Hydra. Oh, ironia do destino. Daisy e Simmons estão a salvo agora que conhecem alguém da resistência, mas precisam confiar no Ward. Ainda por cima, outra complicação surge: Aida desabilitou o aparelho que faria Simmons e Daisy voltarem para o mundo real, o que significa que estão presas ali.

Felizmente, há uma luz no fim do túnel. As esperanças são poucas, mas Daisy resolve tentar conversar com Coulson e não é que dá certo? Nossa pequena família consegue se reunir e ela o faz lembrar que, sim, suas memórias aleatórias de Tahiti, Lola e etc eram todas verdade :')


O melhor
Wow, Aida como Madame Hydra.
Bahrain, quem diria. 
Ward como agente duplo em qualquer universo, lol. Isso finalmente será útil.
Daisy fez Coulson lembrar que eram uma família, vou chorar de felicidade.
Simmons badass.

O pior
Aida e Fitz juntos, why.
Meu coração quebrou pela Daisy quando ela descobriu que namora o Ward.
Estou só vendo que ficaremos no Framework alguns episódios.

 Nota 9,0

Mariana Oliveira Sou Publicitária, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Acho que começo uma série nova toda semana. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1