Image Slider

terça-feira, 21 de março de 2017

Review: Supergirl 2x16 - "Star-Crossed" (1)

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Star-Crossed (1)", exibido no dia 20/03/2017!

supergirl 2x16

O crossover chegou! Ou pelo menos o comecinho. Agora que a aeronave misteriosa chegou na Terra, seu primeiro pedido é que Mon-El seja entregue. Ele até tenta disfarçar, sem saber porque estariam o chamando, mas logo nossa teoria é confirmada: Mon-El é o príncipe de Daxam. Não só isso, como a tal nave está sendo controlada por seus pais. 

É claro que tudo é um choque para Kara. Os dois estavam perfeitamente felizes até que ela descobre uma mentira desse tamanho. É interessante ver como Winn e Alex tentam ajudá-la, a fazendo entender que algumas vezes você pode perdoar, algumas vezes os motivos são bons o suficiente. Mon-El se arrepende da vida que levava lá e quer mudar, ser melhor. Claro que, por mais que tenha mudado, é difícil para Kara, que preza tanto a integridade moral, entender o príncipe de um regime que mantinha escravos.

O casal vai e volta. Pela primeira vez, acredito, Kara sai um pouco da ação no episódio para refletir sobre o caminho que vai seguir emocionalmente. A mãe de Mon-El tenta convencer Kara que Daxam precisa dele e pede sua ajuda, mas não adianta muito. Quem sabe, talvez Daxam se torne um lugar melhor com Mon-El mudado? Talvez ele volte a ter uma família?

O fato é que ele só se preocupa com Kara e se tornar um herói. Assim, por mais que seja tentador e eu achasse que talvez essa fosse a saída de Mon-El da série,  ele decide ficar. Decide ficar mesmo que Kara não tenha o conseguido perdoar tão facilmente - o que acho bem justo - e tenha terminado o namoro. É, tadinha da nossa Supergirl, sua vida romântica nunca dura muito. 

Enquanto isso, um trio rouba a cena. Winn está com problemas e é Alex e James que o ajudam a resolvê-lo. Posso dizer o quanto adorei ver James fazendo parte do time e o trio tendo foco? Claro que adoraria se Kara estivesse ali - a volta dos Superamigos como ela disse -, mas já fiquei feliz.


Assim como Kara, Winn descobre um grande segredo de Lyra, que o destrói um pouquinho. A pedidos da namorada, Winn desabilita a segurança de um museu e entra escondido com ela. O que antes parecia ser só uma brincadeira se revela ser um roubo de um quadro do Van Gogh. É, isso mesmo. Ela foi zero sutil ao roubar o quadro mais famoso (ou um dos mais) do pintor. 

Em resposta, Maggie tem que chamar Winn na delegacia e o mostra um vídeo dele sozinho no museu. Aparentemente eles não foram espertos o suficiente para lembrar de desabilitar as câmeras, mas, tudo bem, pelo menos Lyra não aparece mesmo porque sua espécie fica invisível em fotos ou vídeos - quase vampiros. Admito que comecei a criar várias teorias mirabolantes para entender como Winn parecia estar sozinho, ele podia estar drogado ou algo assim, mas gostei mais dessa explicação. 

O plano perfeito. Ou quase. Lyra já tinha roubado outros namorados antes, todos alegando a mesma coisa que Winn ao aparecerem sozinhos nas filmagens. No entanto, o DEO está no caso agora e Alex e James vão ao resgate. Para começar, descobrem facilmente onde Lyra está escondida e nada que uma luta ou outra não resolva. 

Winn está claramente magoado, mas confia que Lyra deve ter tido sentimentos por ele, senão não teria demorado tanto o namorando. Ela tenta esconder, mas, no final, confirma as expectativas do namorado. O problema é que seu irmão é capturado pela gangue de ladrões de arte e sua chance de salvá-lo é retornando a pintura. 

Assim acontece o clássico, namorado quer salvar o dia fazendo trocas com ladrões, sem a ajuda de ninguém. Felizmente, a verdade é camuflada pelo clássico. Adorei como nos enganaram em pensar que Winn largaria todos do DEO para tentar um plano desses. Ele confia em Alex, J'onn e James o suficiente para montarem um plano em que parecesse que ele estava se rebelando para Lyra ao mesmo tempo que prendem o comprador e o mandante da gangue. 

Winn decide perdoar Lyra; e Kara e Mon-El estão separados. Tudo indo até que um prisioneiro está sendo transferido e chama a atenção de Kara. O Music Meister (também conhecido como Blaine em outros universos) aparece, rouba o aparelho que abre dimensões da Kara e some para a Terra do Flash. No caminho, Kara desmaia e acaba entrando no mundo do showbusiness, onde vai encontrar Barry alguma hora.

Supergirl 2x16

E o que acontece agora? Nossa resenha de The Flash te diz ;)


O melhor
Olha o James e o Guardião aparecendo para salvar o dia.
Adoro ver como todos são amigos e Maggie já está enturmada no grupo.
Trio da ação formado por Alex, James e Winn.  
Kara tentando se decidir se perdoaria Mon-El ou não.
Adorei as pequenas dicas do crossover. Musicais, Cisco e Winn,...

O pior
Coincidência o aparelho que abre dimensões estar com a Kara no momento que o Music Meister aparece, né?
As participações de crossover nos episódios de Supergirl são sempre micros. Problema nos contratos, talvez? 

Nota 8,7


Mariana Oliveira Sou Publicitária, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Estou sempre à procura de mais uma série, afinal nunca é demais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1