Image Slider

quarta-feira, 1 de março de 2017

Review: The Flash 3x14 - "Attack on Central City"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "Attack on Central City", exibido no dia 28/02/17.


the flash 3x14

E o ataque dos gorilas continua, agora diretamente em Central City. Podíamos passar sem essa? Podíamos, mas os escritores de Flash realmente gostam dos gorilas deles, então nós que precisamos sofrer com a péssima qualidade dos efeitos da série.

Os planos de Grodd ficam claros logo no início do episódio, quando Gypsy aparece para lutar com Team Flash e, depois de ser nocauteada e presa, acorda sem lembrar de nada além de ir para a Terra-2. Como já sabíamos desde o episódio passado, Grodd entrou na mente dela e fez com que ela abrisse um portal para que ele e seu exército de gorilas gigantes pudessem invadir Central City e matar todos os humanos.

O grande dilema do episódio não é nem como combater o exército de macacos, mas sim matar ou não matar, um clássico dentro das séries de super-heróis. Infelizmente para The Flash, eu tenho zero de paciência para esse debate moral, e depois que demoram mais de duas cenas nesse mesmo tópico eu já estou torcendo para matarem o Grodd logo. Eu simplesmente odeio que eles acham estão sendo moralmente superiores ao não matar, quando na verdade estão prendendo as pessoas sem nenhum julgamento, em uma solitária (em uma prisão que não tem sentido prático!) e sem tempo de pena. Pelo menos perguntem para a pessoa se ela prefere morrer ou viver nessas condições.

De qualquer forma, o motivo de eles não quererem isso não é nem que eles não queiram Grodd morto, mas que Barry teria que levar isso na consciência e que cada vez que ele mata alguém, é mais fácil matar da próxima vez. Isso é cientificamente verdade – surpreendente, considerando a quantidade de ciência errada que eles usam – mas mesmo assim não me importo. Achar outra maneira sem envolver matar é ótimo, eles totalmente deveriam fazer isso, mas também não é necessário tanto drama.

A solução que eles encontram é simplesmente achar o antigo rei dos macacos (Solovar?), que foi deposto pelo Barry/Grodd e está pronto para brigar. Ele luta e consegue derrotar Grodd, pronto para matá-lo, quando Barry o impede, dizendo para poupar sua vida. Logo depois Barry entrega Grodd para Lyla, o que só não vou reclamar, porque aceito qualquer oportunidade para ter a Lyla mencionada.

quickwest 3x14


Fácil assim?! Sim, foi exatamente isso que aconteceu. Um episódio bem tedioso para falar a verdade, tiveram até outros momentos com o Barry precisando parar o envio de mísseis, mas nada que mereça atenção. Eu, pessoalmente, estou muito mais interessada em desenvolvimentos românticos que aconteceram nesse episódio, por exemplo Cisco/Gypsy (eu realmente preciso memorizar o nome verdadeiro dela).

Um pouco atrasada para o Valentine’s Day, que foi há duas semanas, The Flash fez desse um episódio ligeiramente romântico, com o HR dizendo que na Terra dele esse é o “dia dos amigos”, o que leva a Cisco se lamentar que nunca arranja uma namorada e comentar sobre o que está acontecendo entre Caitlin e Julian, apesar dela assegurá-lo que eles são só amigos. No fim, Cisco vai atrás de Gypsy, falando que ele sente que ela quer ser uma heroína e fica dando em cima dela. Acaba dando certo para ele, pois Gypsy o beija antes de ir embora. O único problema é que os dois vivem em universos diferentes, né...

O outro casal de universos diferentes, Jesse e Wally, também tem alguns momentos fofos. Jesse decidiu que iria se mudar para essa Terra, para poder ficar com o Wally, e resolve contar para o pai. Harry parece receber a notícia muito bem, até fazer o Wally acreditar que ele estava morrendo, para que Wally convencesse Jesse de não mudar de universo. Jesse não é boba e acaba descobrindo o que o pai fez, não acreditando nem um pouco que o pai estivesse dizendo a verdade. Eu não sei porque eles não podem resolver esse problema simplesmente deixando Harry E Jesse nessa Terra, todos sabemos que esse Harrison Wells é muito mais interessante do que o HR.

westallen 3x14


E, ainda mais importante do que os outros casais, temos Westallen!! Barry no início do episódio estava super feliz por ter impedido o ataque dos gorilas e mudado o futuro, só que, como sabemos, não foi bem assim tão verdade isso, então ele fica um pouco abalado depois que os gorilas aparecem de novo. Eu entendo, é triste achar que você mudou o futuro para descobrir que não mudou nada. Barry fica bem obcecado com isso, o que o deixa ainda motivo a simplesmente matar Grodd e impedi-lo de voltar algum dia.

No final, Barry acaba nem checando se mudou ou não o futuro. Por mais que tenha acontecido um ataque à cidade, ele foi resolvido bem rápido, então eu não sei se estaria nas notícias semanas depois. Não faz sentido para mim, mas isso não significa que não pode acontecer na série. O que importa é que Barry resolve não checar dessa vez, resolvendo simplesmente aproveitar o presente ao invés de ficar se preocupando com o futuro.

Dito isso, Barry resolve pedir a Iris em casamento. Sim, é isso mesmo!! O episódio termina com Barry a pedindo em casamento, com um discurso bem fofo. Iris não chega a responder, mas o único motivo que ela diria não é se ela achar que realmente vai morrer e não é justo, mas mesmo se for o caso, tenho certeza que ela logo muda de ideia e diz sim! Quero muito ver os dois casados, porque relações estáveis a melhor coisa em qualquer série.

O Melhor:
+ Pedido de casamento!!
+ QuickWest
+ Gosto bastante do Harry
+ Gypsy

O Pior:
- Gorilas
- Toda essa história sobre matar ou não o Grodd, zzz.


Nota: 8,0

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.


0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1