Image Slider

quinta-feira, 16 de março de 2017

Review: Arrow 5x16 - "Checkmate"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "Checkmate", exibido no dia 15/03/17.


arrow 5x16

A verdadeira identidade de Prometheus foi revelada como sendo Adrian Chase, mas parece que ele não está trabalhando sozinho. Como eu queria que acontecesse, Talia finalmente apareceu no presente e revelou ter treinado Adrian, já sabendo do seu objetivo de destruir o Oliver. O motivo? Vingança pela morte de seu pai, Ra’s al Ghul. Não é muito surpreendente, mas estou feliz da Talia ter aparecido e de finalmente termos uma mulher como vilã.

Agora, ainda tem um milhão de questões que não foram respondidas. Se a Talia ficou tão chateada assim com a morte do pai, onde é que ela estava durante a terceira temporada inteira? O próprio Ra’s não estava nem aí que ia morrer, só queria que o Oliver ocupasse seu lugar. E, mais importante ainda, por que os escritores estão deixando de lado a oportunidade perfeita pra trazer a Nyssa de volta?! Uma das minhas personagens preferidas da série, e nem mencionam ela! O Oliver também matou o pai dela, e a Nyssa nem se abalou muito.

De qualquer forma, até o momento Talia só parece estar ajudando Prometheus, que tem seu próprio plano. Eu, pessoalmente, espero que a Talia revele ter mais participação nessa trama toda. Mas mesmo se ela estiver só como vilã B, estou satisfeita, porque nesse episódio Adrian Chase conseguiu me convencer como vilão. Mesmo sabendo que o Oliver sabe sobre sua identidade, ele não se abala, vai na maior cara de pau trabalhar, faz vários comentários e joga com Oliver o tempo todo, mostrando como ele já está à frente desse jogo.

Apesar de ficar com pena do Oliver, estou achando bastante interessante até agora as técnicas que Adrian tem usado e queria saber qual exatamente é seu plano. Ainda estou convencida de que ele ou Talia que estão por trás do Helix e devem ter ainda mais preparado pro resto da equipe. Capturar a Susan ou o Oliver é interessante, mas isso não está nem perto de quebrar o Oliver, e se é isso que Adrian deseja, ele vai precisar de mais. Estou bastante curiosa para ver onde vai chegar.

Além disso, também ficamos sabendo que seu nome verdadeiro é Simon Morrison, um nome completamente normal que não me diz nada. Eu quero mesmo é saber o porquê de Adrian – vou continuar chamando-o assim – ter tanta raiva do Oliver. E, afinal, o que foi toda aquela história do Claybourne? Quem era aquela pessoa? É só mais um nome do Adrian, esse cara ainda vai aparecer ou era só para distraí-los? Estou com medo de isso nunca ser respondido.

arrow checkmate


Logo que Oliver revela saber sobre a identidade secreta de Adrian, ele revela estar com Susan, o que faz com que Oliver não possa simplesmente matá-lo. Por mais que eu não me importe muito com a Susan, não acho que ela mereça ser morta pelo o que fez. E Oliver nunca ia deixar isso acontecer, então eles precisam encontrá-la.

É claro que eles eventualmente conseguem achar onde ela está, mas não sem antes o Adrian abalar muito a mente do Oliver. Como sempre, ele vai direto para aquele pensamento automático de que ele não devia ter deixado ninguém se aproximar dele, que isso é uma fraqueza e coloca os outros em perigo, aquela ladainha de sempre que nós já conhecemos bem. Ele se arrepende de ter ficado com Susan, se questionando do porquê, e isso acaba servindo para uma cena com Diggle.

Como sempre, John é a voz da razão, ele diz que Oliver ficou com Susan porque estava se sentindo solitário, o que é uma resposta não só para o Oliver, mas para o fandom inteiro, que não entende o propósito da Susan. Eu sei disso, só acho que eles podiam ter feito uma personagem mais simpática. E Diggle também o lembra de que por mais que se aproximar dos outros o deixe mais vulnerável, é isso que o torna humano. Foi bom ver que dessa vez Oliver não demorou muito tempo para absorver a lição, mas o ruim é que ele resolveu utilizar isso para lidar com Prometheus e aí não deu muito certo.

Oliver pega a ideia da humanidade e resolve usá-la contra Adrian, fazendo John sequestrar/convencer a esposa de Adrian a ir até onde Susan estava sendo resgatada. Oliver pensou que ela poderia convencê-lo a parar cm tudo isso, que o amor pela esposa ia falar mais alto ou sei lá. Um plano digno de um ingênuo bebê recém-nascido que não conhece o mundo. Adrian não só não ouve a esposa, como ainda a mata. Fiquei chateada, não a conhecia, mas ela não merecia isso.

Oliver é surpreendido por isso, e fica mais surpreso ainda quando Talia chega por trás e o atinge. No fim, eles sequestram o Oliver e, se a promo é alguma indicação, episódio que vem vai ser tenso para ele.


felicity smoak 5x16


Com tudo isso acontecendo, ainda temos uma grande parte dedicada à Felicity e suas aventuras  no mundo dos hackers. Falei no início da review que acho que estão armando para ela e repito! Helix cheira a erro e qualquer um pode dizer isso. Já vimos Felicity utilizando o Pandora algumas vezes, mas agora sim ela entrou a fundo no Helix, até mesmo indo até a central deles, cheia de outros hackers trabalhando e descobriu que eles têm ainda mais informações do que ela pensava.

Nós já tínhamos a visto falar com John sobre isso, e dessa vez a vemos também falar com Oliver. Ela não se abre com ele, dizendo apenas para confiar nela, e Oliver não insiste, mas isso é porque ele não sabe o que exatamente ela está fazendo. Foi uma conversa madura e foi bom vê-lo expressando sua preocupação, mas dói ver que a Felicity não fala a verdade inteira. Os dois sabem que Felicity está metida com algo que não devem, mas não sabem a extensão. O único que descobre nesse episódio é Curtis, que a ajuda a hackear a Homeland Security para o Helix, e dá uma bronca na Felicity, já que isso é ainda mais ilegal do que a ilegalidades que eles costumam cometer.

Durante o episódio, ela continua dizendo que pode se cuidar, mas dá para ver nos olhos dela, quando a menina – seja lá o nome dela – diz para ela hackear a Homeland, que ela sabe que isso vai ser um problema. Nós a vemos fazendo isso para conseguir encontrar a Susan, querendo acesso ao que o Helix tem, e depois que Oliver é sequestrado, ela promete fazer o que eles quiserem em troca de encontrá-lo.

Por mais que meu coração Olicity fique feliz com a Felicity se arriscando para salvá-lo, tenho certeza que isso vai dar bem errado. Minha teoria é que ela vai ser exposta de alguma forma, talvez para o governo, ou vai ficar com uma dívida muito grande com o Helix e ter que fazer coisas que ela não concorda. A única certeza é que bem isso não vai acabar, só espero que até a season finale se resolva.

O Melhor:
+ Talia aparecendo no presente
+ Adrian está sendo um bom vilão
+ Felicity no Helix
+ Oliver e Felicity conversando
+ Gosto muito de Rene, Curtis e Dinah interagindo para descontrair as cenas, sem roubar tempo dos personagens principais.

O Pior:
- Estou esperando minha menção à Nyssa!
- Quero uma motivação melhor para Adrian e mais foco para a Talia


Nota: 9,0

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.


0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1