Image Slider

quinta-feira, 2 de março de 2017

Review: Arrow 5x15 - "Fighting Fire with Fire"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "Fighting Fire with Fire", exibido no dia 01/03/17.


arrow 5x15

Pensa em um episódio chato. Então, foi esse episódio de Arrow, tudo o que tenha a dizer sobre ele pode ser resumido a isso. Grande parte dele gira em torno do impeachment do Oliver, que aparentemente é bem menos complicado que um impeachment no Brasil, pessoal simplesmente senta junto um dia depois, ouve alguns testemunhos, e vota a favor ou contra. Tudo bem que não é totalmente diferente, mas lá eles nem ao menos deixam o Oliver se pronunciar formalmente sobre o acontecido.

O grande problema é que o Oliver é realmente culpado pelo o que ele está sendo acusado e não tem muito como sair dessa saia justa. Tanto Thea quanto Adrian Chase chegam a mesma conclusão, a única forma do Oliver sair impune é se encontrar alguém para culpar. Adrian se oferece para ser o bode expiatório, dizendo que o Oliver podia simplesmente colocar a culpa nele e aí ser livre, enquanto Thea sugere que eles façam parecer que o Billy era corrupto e por isso foi morto, e Oliver tinha alterado os fatos para poupar a reputação do Billy. A ideia é até boa, porque o Billy já está morto, então não é como se fosse sofrer alguma consequência, mas é bastante... Desonesto.

Apesar de suas escolhas ruins, fico feliz que Oliver não tenha decidido por esta. Realmente não seria justo com Billy, que só estava tentando ajudar e não merecia ter sido morto tão cedo. RIP Billy. E por mais que eu também não me importasse com o Adrian Chase, Oliver não iria deixá-lo levar a culpa em seu lugar, porque seria bem injusto.

Qual então é a solução? Culpar o Green Arrow. Não há nenhum dilema moral, porque é o próprio Oliver decidindo fazer isso, e como o pessoal não sabe que é ele, Oliver pode continuar ajudando a cidade como prefeito. Ideia ótima, só que agora Oliver não poupou limites para culpar seu alter-ego, fazendo parecer que ele era Mau™ agora. Isso significa que a polícia e a população se voltaram contra o Green Arrow, mais uma vez, o que vai tornar o trabalho de vigilante mais difícil.

E, mais importante, isso deve ser exatamente o que Prometheus queria, principalmente porque o vemos tirar a máscara pela primeira vez e revelar que ele era o Adrian Chase. Nenhuma surpresa, ele era minha suspeita número um, mas agora que o vimos lutando contra o Vigilante – que também queria matar o Oliver – sabemos que ele não pode ser os dois, então QUEM é o Vigilante se não é o Adrian? É aquele Claybourne Jr.? Ou será que Adrian é um nome falso e a motivação dele realmente é aquela que nós já vimos. De qualquer forma, revelação bem fraquinha, espero que os plot twists melhorem daqui até o final da temporada.

arrow fighting fire with fire


Enquanto Oliver tenta encontrar uma solução que não pese em sua consciência, Thea não se abala com essas questões morais e encarna sua mãe, indo direto para chantagem. Ela vai até a Felicity, e mais uma vez fico feliz de ver as duas interagindo, e pede para ela conseguir informações em uma das pessoas que está em dúvida se vai votar a favor ou contra, o que Felicity faz tranquilamente. O problema é que a informação que ela consegue não é exatamente tão ruim assim, o cara tinha encoberto a morte da mulher que havia cometido suicídio, é só isso.

É muita sacanagem usar isso para chantagear alguém, olha que eu não costumo me importar muito com pessoas chantageando as outras em séries, mas nesse caso até eu achei vacilo. Todo mundo concorda comigo, então Felicity acaba dizendo para o Oliver o que a Thea pretendia fazer, ele vai conversar com ela, dizendo que achava um absurdo e Thea acaba desistindo.

A conclusão dessa história é que a Thea se demite. O motivo dentro do universo é que ela precisa “se curar”, descobrir como ser uma boa pessoa de novo ou algo assim, ela ficou bem abalada pelas coisas que ela estava disposta a fazer, até mesmo comparando a sede de sangue da temporada passada. O motivo verdadeiro para isso é que eles não quiseram pagar a Willa para participar de mais episódios e precisam de uma desculpa para a ausência da Thea. Eu só espero que quando ela voltar, ela resolva ser Speedy de vez em quando pelo menos, porque sinto falta da Thea fazendo parte da equipe.

Ainda nesse mesmo tema, temos a Felicity ajudando a Thea. Quem acaba fazendo um discurso moral sobre isso é o Diggle, que descobre sobre a Pandora – que aparentemente só a Thea sabia sobre antes – e diz para a Felicity que ela tem empatia e que quem brinca com fogo acaba se queimando. Eu só quero parar um momento para apreciar Diggle e Felicity finalmente tendo uma cena juntos, sinto que se passaram 84 anos desde a última. Dito isso, Felicity só leva em consideração o conselho dele o suficiente para entrar em contato com o Oliver e avisar sobre a Thea, porque no final do episódio ela resolveu que vale a pena se queimar e se junto ao Helix, o grupo de hackers.

Estou bem animada para ver onde essa história da Felicity vai chegar, porque o Helix tem praticamente uma bandeira vermelha atrás, certo é que isso não vai dar. Agora, pelo amor de deus, será que eles podem fazer o Oliver conversar com a Felicity sobre isso? Tudo mundo já sabe no que ela está envolvida menos ele.

susan williams 5x15


Agora na parte mais odiada por mim, temos Susan e Oliver. Segurem-se em suas cadeiras porque a Susan não vai a lugar algum, no momento eles estão filmando o episódio 5x20 e ela AINDA está na série, ou seja, estão testando minha paciência. Apesar de Thea e Felicity terem provado que ela pretendia expor o Oliver, ele não abala e resolve continuar indo atrás da Susan. Por quê? Até agora ninguém me deu respostas. Sim, ela ouviu ele algumas vezes, mas qualquer pessoa faria isso, ela é bonita, mas nem tanto assim, ela é literalmente super regular, não existe nenhum motivo para o Oliver continuar tentando voltar com ela, principalmente depois do que ela fez.

O pior de tudo é que o Oliver não parece se importar nem um pouco que ele ia ser exposto, ele só quer voltar com a namorada dele, que não tem NADA de especial. Ele faz com que Felicity se “desculpe” com a Susan, o que ela faz mandando uma mensagem avisando que a Susan não tinha sido culpada, e agora Susan tem o emprego de volta. Que pena, ela continua sendo uma péssima jornalista.

Ela promete não contar nada sobre o segredo do Oliver, o que tá, mas eu continuo não gostando dela, me deem um motivo para a existência dela no momento, por favor, porque eu não consigo simpatizar. E eles voltam, logo antes de Susan ser sequestrada por Adrian, ou seja, Prometheus. Eu deveria me importar?

No outro foco romântico do episódio, tivemos algumas cenas bem desnecessárias de Curtis e Paul, em que Curtis fica todo animado para encontrar o marido de novo, só para chegar lá e receber os papéis do divórcio. Me sinto mal pelo Curtis, mas também não entendo onde eles querem chegar com isso, para que gastar cenas só para o Paul entregar os papéis, o Curtis podia ter só mencionado isso e ninguém ia sentir falta.

O Melhor:
+ Diggle falando com a Felicity
+ Desenvolvimento da história da Felicity
+ Prometheus vs. Vigilante
+ Curtis e Rene continuam ótimos

O Pior:
- Oliver e Susan
- Revelação bem mais ou menos sobre Prometheus
- Cena do Curtis/Paul
- Thea indo embora do nada


Nota: 6,5

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.


3 comentários:

  1. Resumiu bem os pensamento que tive sobre o episódio rsrs.
    A revelação de que Adrian seria Prometheus estava óbvio, apesar disso consofesso que tinha esperança no fundo de que poderia ser Talia. O que faria até sentido em minha opinião, pois o pai dela (Ra's) foi assasinado pelo Oliver e ela passa um impressão muito mais Bad ass.
    Aquela felicidade toda do curtis, o resultado não foi nenhuma surpresa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah e sobre a Thea.
      Espero que ela volte como speedy tbm, mas acho que deveriam retirar algum membro da equipe. São tantos, que perde o foco a série.
      No mais isso tbm estava previsível demais desde o início da temporada, ela estava muito apagada. Acho que ela deve estar caminhando para outros trabalhos.

      Excluir
    2. Tinha esperanças que seria a Talia também, fico esperando ela aparecer de repente, revelando que Prometheus era só uma marionete dela hahaha Todas revelações sobre o Prometheus foram bem fraquinhas até agora, ainda estou esperando eles me surpreenderem.
      E é uma possibilidade, isso da Willa estar caminhando para outros trabalhos, mas eu acho que não foi decisão dela não, é mais possível que os produtores não tenham querido pagar mais episódios para ela (considerando a quantidade de personagens que eles têm, não é de surpreender).
      Eles já tiraram o Rory praticamente, acho que se colocar a Thea dá para funcionar direito. Talvez deixar o Curtis junto com a Felicity, sem ir direto a campo, também é uma possibilidade.

      Excluir

 
UA-48753576-1