Image Slider

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Review: Agents of SHIELD 4x15 - "Self Control"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Self Control", exibido no dia 21/02/2017!

agents of shield 4.15

Segurem nas cadeiras, porque esse episódio foi um dos melhores da série. Se toda essa questão de identidade e realidade surgiu quando introduziram os LMDs na série, o 4x15 trabalhou isso ao extremo. Começando pelo seguinte: como saber se somos de verdade ou não? Como saber quem foi trocado?

Tínhamos pelo menos uma certeza: Fitzsimmons estavam livres de qualquer suspeita, certo? Errado. E aprendemos isso da forma mais dolorosa possível. (Já aprendemos que os escritores gostam de ver é a gente sofrer, né?). Todos estão agindo de forma bem estranha, como já era previsto. Coulson, Mack e Mace se aproximam com um plano: juntar todos os inumanos na base para protegê-los. 

Claro que Simmons e Fitz tentam ficar o mais longe possível de todos e se manter unidos, e é aí que acontece: um deles é detectado como LMD. A reviravolta causa uma total mudança na atmosfera. Os dois parecem não saber de nada e se questionam se seriam humanos, afinal May também não sabia da sua realidade. Ainda assim, Coulson e o resto são bem conscientes, o que já causa a dúvida de um dos dois estar mentindo. 

A conversa toda gira em torno da culpa de Fitz em ter ajudado Radcliffe. Jemma tenta descobrir  a verdade fazendo Fitz cortar seu pulso, e, apesar de ele sangrar, ela logo é atacada. Jesus, esse episódio não poderia ser menos emocional. Ele tenta enganá-la e usar todos os recursos possíveis para ela sentir pena de Fitz, mas, no final, Jemma é forte o bastante para matá-lo. 

Não quero nem imaginar o tipo de distúrbio que isso causou a ela. A dor por ter matado Fitz, a dúvida. O que vemos, na atuação maravilhosa de Elizabeth Henstridge, é que ela está destruída. Sendo ou não Fitz, matá-lo não foi fácil. Além disso, ela sente que está sozinha. Não tem ninguém. 

A notícia boa é que, sim, ela tem uma aliada ali. Alguém que ainda não foi transformada, elas só precisam se encontrar. A maior duvida minha nisso tudo foi como detectaram Daisy como sendo uma LMD quando não era. Será que Fitz hackeou o sistema? Faria sentido se tirar da detecção, mas se tivesse feito isso, por que não desabilitou tudo? Sinto que foi um furinho de roteiro. 

Enquanto isso, Daisy não demora para descobrir os infiltrados. Ao fazer uma geral nas acomodações dos inumanos, ela encontra vários androids com a sua cara. Assim, quando Mack aparece para levá-la para o avião, Daisy já sabe de tudo e consegue fugir. Não só isso como, hackeando no sistema de segurança, logo descobre o que aconteceu com Fitz e que Coulson e Mace também são androids. 

agents of shield 4.15

A coisa toda parece um apocalipse. Felizmente Jemma e Daisy finalmente se encontram, o problema é que não sabem como confiar uma na outra. Simmons está arrasada, Daisy está perturbada. Em um impulso de confiança, as duas acabam descobrindo que são elas mesmas quando se abraçam, e permanecem assim. 

O plano é duro, difícil de ser executado, principalmente quando Coulson e Mace fizeram todos na sede acreditarem que Daisy e Simmons eram os LMDs. Ainda assim, elas sabem que seus amigos estão algum lugar, presos na Framework, e precisam ir salvá-los. Por isso, elas jogam um gás que faz os humanos desmaiarem. 

Sua luta com Mace criou uma boa cena. Usando seus poderes somente o necessário, Daisy tenta lutar o máximo para abrir caminho até o avião para fugirem. Coulson e Mack aparecem e, mais uma vez, os poderes de Daisy nos surpreendem com outra grande cena. Jemma, por sua vez, acorda três agentes para ajudá-las a decolar o avião. 

Todos preparados, falta só nossa dupla passar por um último desafio: "May". Quem diria que uma das heroínas do dia seria nossa conhecida May-robô. Ela é mais humana que os outros LMDs, eu diria. Por mais que tivesse sua programação, ela não sabia ser um android, tinha sentimentos e sensações. Era menos objetiva, mas também era um pouco mais Melinda - o que veio a calhar. Ela sabe que o Coulson que vê não é de verdade, não precisa protegê-lo, não é real. Por isso, ela faz o que acha certo e ajuda Daisy e Jemma as deixando passar. (E ainda ganhamos uma explosão dos LMDs de bônus). 

E agora? Bom, as duas sabem uma forma de hackear a Framework criada por Aida (não me pergunte como) e decidem que deveriam destruir o sistema por dentro. Entrar nesse mundo virtual, assumir suas identidades e convencer seus amigos a se libertarem. Agora vamos ter que esperar até abril, segura o coração. 

agents of shield 4.15

Por fim, para não deixar passar, Aida tem um certo desenvolvimento no episódio. Com o plano correndo como queriam, ela decide transformar Ivanov em um android diferente. Ele tem um corpo novo, mas o controla com sua mente. Entendo que Aida precise de Ivanov quase como guarda-costas, mas achei que ela seria vingativa a ponto de deixá-lo morrer. No entanto, o plano é mais a longo prazo e ela consegue sua vingança transformando-o.

Por algum motivo, ela vê nele uma oportunidade de criar para si emoções reais, que realmente sinta o que faz humanos serem humanos. O que nos leva ao segundo problema de Aida: Radcliffe. Admito que parece meio contraditório. Ao mesmo tempo que ela vê Radcliffe como ameaça por causa da chance de suas emoções interferirem a ponto de tomar o poder, ainda assim ela quer ter emoções. 


O melhor
Simmons e Daisy se descobrindo. Quero abraçar a Jemma até nunca mais.
E elas ainda tem ajuda da Yoyo e mais três agentes! <3
Daisy shippa muito Fitzsimmons.
Aida finalmente selou seu papel como android do mal.

O pior
-  Fitzsimmons lutando, Daisy achando que veria o Lincoln de novo. Parem de me fazer sofrer!!
Alguém me explica o erro no detector de LMDs que contou a Daisy como sendo um?
- Não entendi muito bem como elas conseguiram acessar o Framework, mas vou deixar passar.

Nota 9,8

Mariana Oliveira Sou Publicitária, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Estou sempre à procura de mais uma série, afinal nunca é demais.

4 comentários:

  1. Provavelmente, o caso dos quatro lmd conta com o fitz, ou o próprio alterou para parecer que a Daisy era um LMD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mas o Fitz não estava na hora que eles passaram na porta e o detector acionou. Seria estranho ele ter alterado só ele e não todos, seria bem mais fácil pra eles se a Jemma não soubesse de nenhum hahah vai entender

      Excluir
  2. E o LMD da May? Será que não contou com ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, pela imagem dos quatro entrando na hora que o alarme disparou só estavam Daisy, Mace, Mack e Coulson. Ninguém sabia que a LMD May estava lá, o LMD Coulson estava escondendo ela...

      Excluir

 
UA-48753576-1