Image Slider

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Review: Agents of SHIELD 4x14 - "The Man Behind the Shield"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "The Man Behind the Shield", exibido no dia 14/02/2017!

agents of shield 4x14

A procura por Mace começa. Depois de ter se sacrificado pelo time, Jeffrey continua nas mãos do Superior, quem logo descobre que ele não tem nada de inumano. Ele sofre poucas e boas, e o russo até cria uma falsa fuga para Mace, mas o diretor é derrotado. Vemos um embate de ideologias toda vez que se encontram. 

Sabemos que o Superior tem um plano que envolve a ajuda de Aida. Por mais que não goste, eles precisam trabalhar juntos. Acho engraçado como, por mais que não deva ter opiniões, Aida percebe o tom de desprezo e preconceito que o Superior tem e assume uma posição vingativa. E, no final, ela acaba se vingando. 

Sem saber os planos finais dos russos e Radcliffe, a Shield começa localizando a armadura de Mace. A coisa toda é claramente uma cilada, um aviso do Superior de que está atrás de Coulson. No entanto, só o que nos resta é decifrar a mensagem. Como vemos aos poucos no flashback, uma das missões mais antigas de May e Coulson acabaram sentenciando os homens do batalhão de Ivanov à morte. 

O próximo passo assim é ir até o local na Rússia e descobrir os corpos desses homens, junto com uma mensagem de ameaça de Ivanov. O próximo passo do jogo era chegar até a base de submarinos da qual Ivanov e seu batalhão faziam parte.  

O encontro fatídico entre o Superior e Coulson finalmente acontece. Phil nos mostra que melhorou muito desde seus dias como agente do nível 4 e enrola conversando até que Daisy aparece para lutar contra o russo. A cena é boa, ela usa seus poderes, mas também mostra porque é uma ótima agente. No entanto, se formos parar para pensar, Daisy deveria ter vencido essa luta mais rápido. Ela podia ter usado o dobro da força em seus poderes, mas vou deixar passar. Já Phil encontra Mace desmaiado e ajuda Mack a derrotar os russos que batiam no diretor.

agents of shield 4x14

Enquanto isso, temos Fitzsimmons. O casal está tentando entender como funciona o mundo que Radcliffe criou para prender May e já estão um passo a frente procurando soluções para tirá-la desse estado quando a encontrarem. Fitz levanta uma ótima questão: quais serão as consequências de May estar a tanto tempo vivendo dentro de suas memórias? Não vou enganar, dá um medinho. Não sei como farão isso na série, mas não duvido que ela fique realmente com sequelas. Perda de memória talvez? Faria sentido?

Aos poucos percebemos que Fitz ajudou bastante Radcliffe sem saber com sua tecnologia de simulação, Aida e etc. Mack aponta isso e Fitz começa a sentir o peso da culpa. Olha, óbvio que Fitz deveria nas consequências das coisas que cria, mas o problema está na pessoa que usa e não no instrumento. Leo não deveria se sentir culpado se Radcliffe deturpou aquilo a tecnologia que criou. E é exatamente isso que Jemma reforça para o namorado. Assim como ele confia nas pessoas, ele faz querendo o bem e não deve ser abatido quando o outro que é o culpado. Cena maravilhosa para aquecer nossos corações. 

Essa missão dos dois de entender a tecnologia por trás do mundo criado por Radcliffe os leva à base de Ivanov, mas eles ficam na mesa de comunicações. Aida é vista, mas Jemma não consegue encontrá-la; Fitz só encontrou um computador antigo que nem sabemos se vai ajudar; e Mace está quase morto. 

Sem a May novamente, eles decidem voltar para a sede da Shield. Apesar de termos conseguido salvar o diretor, a sensação de derrota permanece. Ela continua a tal ponto que descobrimos que realmente perdemos. Como um jogo de xadrez ou truque de mágica, a ideia é distrair os oponentes da jogada principal. 

Simmons percebe que o tempo que seus amigos ficaram fora foi maior do que o esperado. Mesmo com os comunicadores funcionando mal, Jemma sabe que Daisy deveria ter chegado mais rápido ao ponto de encontro, assim como Coulson e Mack carregando Mace. A sensação de que algo ruim aconteceu começa a crescer na gente e Jemma recebe um alerta que o detector de LMDs foi desativado. Felizmente, Simmons estava preparada para não ser enganada novamente e descobre que, sim, há pessoas que foram trocadas por androids na missão: Mace, Mack, Coulson e Daisy. 

agents of shield 4x14

WHAAAA- Acho que chegamos à dominação dos robôs que Mack tanto temia. E os únicos a salvo são Fitz e Simmons. Queria entender como aconteceu, porque Aida e Radcliffe não tinham escaneado o cérebro dos quatro antes como aconteceu com May. Será que fizeram isso na hora? Melhoraram a tecnologia a ponto de ser muito mais rápido fazer upload e download? Além disso, isso deve ter exigido mais homens para fazer tantas trocas - mas é capaz dos russos terem ajudado.

Estou animada com o foco que Fitzsimmons está tendo e terá, mas estou me sentindo meio arrasada. Com os quatro (cinco, contando a volta da falsa May) infiltrados, a Shield vai ser dominada no episódio que vem. Como? Onde estariam os outros agentes? Quero respostas.


O melhor
Adoro que introduzam outros agentes da Shield quando dá, mostrando uma relação off-screen. 
Jemma maravilhosa nessa episódio, tanto ao ajudar o Fitz quanto ao descobrir os LMDs. 
A troca dos quatro foi um ótimo plotwist.
Coulson e May no flashback, reclamando e flertando ao mesmo tempo. Quer coisa melhor? <3

O pior
Mack fazendo Fitz se sentir mal por ter criado parte da tecnologia que Radcliffe usa.
Vamos combinar, Daisy poderia ter acabado com Ivanov mais rápido.

Nota 9,3

Mariana Oliveira Sou estudante de Publicidade, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Estou sempre à procura de mais uma série, afinal nunca é demais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1