Image Slider

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Review: Agents of SHIELD 4x11 - "Wake Up"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Wake Up", exibido no dia 24/01/2017!


agents of shield 4x11

Haja reviravolta para um episódio só. Para começar, o foco é na May e sua prisão psicológica. Infelizmente vou logo avisando que se a temática parece indicar que May vai voltar agora, isso não acontece, mas descobrimos um monte de coisas no caminho. Por exemplo, sabemos agora que Melinda foi capturada ao buscar Aida para ela poder ajudar com Eli na missão do mid-season finale e como tudo aconteceu. Desde suas alucinações zen que não funcionaram até as mais novas, e acreditem até a gente caiu nessa.

Depois de sua tentativa de fuga, Radcliffe coloca May em um eterno looping de fugas do laboratório para manter sua mente ocupada. Ele engana não só Melinda, mas nos dá falsas esperanças de que a agente está fugindo finalmente. Mesmo estando descobrindo a farsa cada vez mais rápido, May se rende ao último cenário criado, ou melhor recriado. Apesar de não querer admitir, a ideia é inteligente: Radcliffe a coloca para reviver a missão que virou a Cavalaria, assim sua vontade de mudar os eventos daquele dia e salvar a garota a manteriam ocupada. Além de que, se não cumprisse essa missão, não seria nada diferente do que já foi.

Já na pequena missão do episódio atual, Daisy e Mace tomam as rédeas da situação contra Nadeer. Eles sabem que ela ajuda os Watchdogs, então, enquanto Daisy enfrenta um comitê para poder assinar o Acordo da SokóviaCoulson e Yoyo pretendem invadir o escritório da senadora para espiarem nela. Pena que tudo vai por água a baixo.

agents of shield 4x11

Daisy se vira bem com as respostas, aliás tem até um momento sentimental com Mace antes do comitê começar - o que mostra a continuação do processo de redenção do Diretor. Aos poucos, cada um está começando a confiar nele um pouco mais. Daisy e ele encontram uma conexão ali; mas a felicidade dura pouco.

Nadeer descobre que a Shield estava em seu escritório e pega eles no flagra, o que não é nada bom para o comitê descobrir. Eles tentam abafar, Talbot fica no meio irritando todo mundo achando que sabe tudo, mas uma coisa fica clara: houve um vazamento da missão deles no escritório dentro da Shield.

No meio disso tudo, Fitz está estudando Aida intensivamente. Simmons fica um pouco preocupada, mas não se toca sobre o que o namorado está fazendo até perceber que Nadeer pode ter conseguido a informação por ali. Nossa, fiquei bem feliz de ela descobrir a mentira dele logo. Achei que iam extender isso - o que seria péssimo para o relacionamento deles, mas tiraram o band-aid rápido. Vai ficar vermelho, mas deve passar.

Felizmente, Leo fez algum progresso e conta para Jemma que estava investigando Aida porque achava que Radcliffe estava por trás de tudo. Como não amar esse Fitz, hein? <3 Apesar da revelação e prisão, nossa esperança morre novamente quando Fitz descobre que o Radcliffe que prenderam era mais um android. Essa série está brincando seriamente com as nossas emoções. Pelo menos, agora Radcliffe é considerado oficialmente um inimigo. (Só falta a "May".)

agents of shield 4x11

Enquanto isso, os jogos emocionais continuam e agora conhecemos um pouco mais da May-robô. Depois de ter se ferido no episódio passado, "May" tenta entender sua situação e percebe que é uma android. Paremos para pensar. Ela tem as mesmas memórias da May, diversas semelhanças na personalidade. Apesar da codificação implantada em suas ações, se sente como se fosse a May, acha que é ela, então imagine que descobrir que você é na verdade um robô de você mesma é uma coisa meio louca.

"May" fica meio confusa e até tenta averiguar com Fitz se Aida sabia que ia fazer alguma coisa antes de roubar o Darkhold. Ela tem medo de machucar alguém, não controle do próprio corpo. Para dizer verdade, acho que não tinha entendido o que tinha acontecido até perceber que estava ligada com Radcliffe (o que, honestamente, achei que ela deveria ter percebido antes). O espião no meio da Shield deveria ser ela mesma, tendo em vista que Aida tinha um visor óptico que poderia ter vazado informações. Por isso, ela vai ver Radcliffe.

Ele fica maravilhado com a capacidade de "May" estar tão certa de que é Melinda, o que no final das contas é bem triste. Ela fica achando que ele fez alguma transformação nela, quando, no fundo, ela nem é a May verdadeira. Assim, ele expõe a verdade e, por mais que parte da Melinda ainda estivesse ali, "May" não consegue machucá-lo por causa da programação feita. Radcliffe ainda vai e planta a semente de que ela deveria continuar normal, não só isso, mas ser uma May melhor e aproveitar o que May não fez - o que significa ter uma chance com Coulson. (Programação pesada porque May nunca seria tão facilmente distraída).

agents of shield 4x11
créditos
Particularmente, nunca pensei nos dois como um par romântico, mas ficou claro que, nos últimos episódios, os escritores têm dado indícios disso. Eu não sei como me sinto ainda, mas o fato é que Radcliffe só está atrás de uma coisa: com os dois próximos dessa forma, ele poderá descobrir onde está o Darkhold.

O melhor
Todas as reviravoltas e conceitos por trás da May-robô, desafiando a própria ideia de o que é ser humano.
Mini dicas sobre personagens que não estavam agindo como eles mesmos para despistar.
Wow, Mack com revelações pesadas nesse episódio. Quero saber mais sobre ele.
Yoyo e Mack juntos, cute.
Fitz descobrindo a verdade sobre Radcliffe.

O pior
Radcliffe usando a May e o Coulson, argh.
- Odeio quando o Talbot está certo.

Nota 9,3

Mariana Oliveira Sou estudante de Publicidade, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Estou sempre à procura de mais uma série, afinal nunca é demais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1