Image Slider

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Review: Supergirl 2x01 - "The Adventures of Supergirl"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "The Adventures of Supergirl", exibido no dia 10/10/2016!


supergirl 2x01

"Eu troquei a fralda dele." Essa é uma informação bem válida sobre o time recém formado por Supergirl e Superman. Como eu já esperava, Kara foi fofa com sempre e a reunião dos primos tão esperada aconteceu com graça e humor, começando com a frase, depois de salvarem um ônibus especial da destruição. Ver os dois juntos foi ótimo para vermos o papel que a Kara tem na vida do Clark e vice e versa. Ela é sua prima mais velha, quem cuidava dele quando criança e conhecia seus pais. Nada mais normal que ele queira saber mais sobre seus pais por meio dela ou que tenham uma relação única por conhecerem outro mundo e terem vivido essa realidade distante de nós. Já ele é, para ela, alguém com maior vivência na Terra e que sabe balancear poderes, trabalho e vida amorosa - o que se torna a grande temática do episódio para Kara.

Com o novo emprego de seja-o-que-quiser que Cat a deu e a início de seu romance com James, nada tem sido muito fácil. Para começar, como Kara bem diz, ela tem tantas possibilidades e opções que simplesmente não sabe o que quer. E, sim, apesar de seu amor por James ter parecido algo tão certo, Kara parece estar relutante por outro motivos. Devo dizer que achei estranho. A série volta bem de onde acabou e, se dias atrás Kara estava super apaixonada, agora ela chega a conclusão que eles só serão bons amigos, nada mais. Depois de tudo aquilo? Qual foi o propósito disso, escritores? 

supergirl 2x01

Felizmente, apesar da notícia ruim, ganhamos uma boa. Kara finalmente decide qual profissão quer. Admito, não é nada super original, mas no fundo já imaginava que ela viraria repórter/jornalista. E Cat também. Como mentora maravilhosa e temperamental de Kara, nossa Cat nos inspirou mais uma vez. É ela quem entende Kara melhor do que ela mesma. Cat sabia que nossa Supergirl seria repórter, assim como sabia que Kara estava com problemas em dar o passo à frente. Cada vez mais os escritores trazem a profundidade de Kara, o que é maravilhoso. Como ela mesma disse, a primeira temporada foi um caminhada até se encontrar como Supergirl e todas as responsabilidades que vem com o título. Agora é hora de ela se redescobrir como Kara. Afinal, nesse processo de virar superheroína, ela mesma mudou e precisa se adequar a essa nova vida que construiu para si mesma.

Agora vamos falar de Clark. Adorei ver a dinâmica dos dois primos. Sim, vai demorar bastante para eu tirar a imagem do Tyler Hoechlin em Teen Wolf, mas estou dando o meu melhor. Clark é uma pessoa super desajeitada, característica fofa e em perfeita sincronia com o jeito de Kara. Os dois se entendem como ninguém, ao contrário de Clark e Hank, que tem uma certa rixa. Depois de terem participado de uma missão juntos, Hank encontrou kriptonita e desde então a guarda para casos de emergência. O problema é que, obviamente, ela pode ser usada contra Clark e Kara - o que não é nada legal. Todos sabemos que Hank nunca machucaria Kara, mas a preocupação de Clark é bem válida, afinal nem sempre estará nas mãos de Hank quando usá-las. 

supergirl 2x01

Apesar de tudo, o acidente com o ônibus espacial nos apresenta a uma possível antagonista da série: Lena Luthor, irmã de Lex. Pegando os pedaços de uma história paralela à série, sabemos o principal: depois de muito vai e vem, Clark conseguiu colocar Lex na cadeia por algumas diversas sentenças de mais de 30 anos. O que nos leva a Lena, agora CEO da empresa do irmão, que quer reinventar a Luthor Corp e mudar a imagem que todos têm dela. Não é fácil. Clark e Kara começam logo a duvidar das intenções da moça, mas, por enquanto, ela está livre. Afinal, passamos o episódio tentando salvá-la do assassino mandado pelo irmão. Por quê? Uma boa pergunta. 

Achei interessante trazerem a personagem. Se ela vai ficar uma meia vilã como o Max Lord, eu não sei. Sinceramente, espero que não - já tivemos isso. Só sei que não deve ser a última vez que a veremos. O grande vilão, que sabemos, da temporada vai ser Cadmus. Apesar de quase nenhuma informação, aos poucos, estamos recebendo inúmeras dicas de que o projeto está cada vez mais perto de Supergirl. E, não, não esqueci do outro possível kriptoniano que chegou na Terra. Aliás, esse é o motivo de Kara levar Clark para a base secreta do DEO e, além do desejo de reconectar com a prima, o motivo pelo qual ele decide ficar com a gente por mais alguns episódios. Além da mini nave de Kripton, o desconhecido ainda é um mistério. Quem sabe no próximo episódio, ele acorde ou algo do tipo. 

O melhor
Amei ver o Clark e a Kara juntos.
Foi fofo ver (ouvir, melhor dizendo) Louis se preocupando com Clark. 
Winn conhecendo o Clark!!
Cat estava incomodada com alguma coisa. O que será?
Como sempre, adoro a relação da Cat e a Kara. 
+ Gostei de ver como Alex e Clark se dão bem, sendo lados diferentes da família de Kara and all.

O pior
O episódio teve suas inconsistências, como o super assassino que não sabe nem plantar uma bomba direito. 
James e Kara terminando - sem nem começar - tão rápido. 

Nota 9,3

Mariana Oliveira Sou estudante de Publicidade, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Estou sempre à procura de mais uma série, afinal nunca é demais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1