Image Slider

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Review: Arrow 5x04 - "Penance"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers de "Penance", exibido no dia 26/10/16.


arrow penance

Não sei muito o que pensar sobre esse episódio, não teve nada de muito gritante que eu não tenha gostado, mas algo não me bateu bem. Refletindo sobre o assunto cheguei à conclusão que Arrow no momento tem dois grandes problemas, um que eles estão com um número absurdo de personagens, e o segundo ponto não é nada novo e sim um problema que eles têm desde sempre: eles fazem os personagens se encaixarem nos enredos e não os enredos se adaptarem aos personagens. É algo que, na minha opinião, torna tudo muito pior. Mas vamos lá desenvolver o porquê de eu ter me sentido assim nesse episódio específico.

Começamos com o Team Arrow todo junto, tentando combater o mal na cidade e tudo mais. Mais uma vez, Rene comete um erro e leva uma bronca de Oliver, e logo todos são dispensados por alguns dias. O motivo, entretanto, não é o erro de Rene e sim que Oliver está pretendendo salvar o Digg. Eles até tentam impedir o Oliver, mas aprendem rapidamente que não estão nem peeerto do nível do Oliver.´

Sem Oliver, cabe ao resto do grupo cuidar da cidade, o que já fica claro que não vai dar certo desde o início porque os vigilantes novos são bebês. Tobias Church deu muita sorte e seu plano coincidiu quando Oliver está fora da cidade. Ele deixou que seus capangas fossem pegos no início do episódio, apreendendo uma tecnologia que o deu acesso a vários materiais em custódia. Ele acaba envolvendo o Quentin e o Adrian Chase – novo DA – nisso, e só é relevante mesmo porque vemos o início da trajetória do Chase.

Felicity fica na liderança do grupo e, depois que consegue descobrir que Church pretende invadir o lugar onde o DA está interrogando o preso, ou algo assim tanto faz, ela reúne o grupo de vigilantes e os manda para lá. Até mesmo Rory, que tinha brevemente saído, volta no final. Mas todos eles vão sem Oliver até o lugar e até que dá certo por um tempo, eles conseguem invadir e derrotar várias pessoas, mas Church acaba os encurralando e Rene fica para trás para poder deixar que os outros fugissem.

Grande parte do episódio foi gasta nos vigilantes novos, nada contra eles, mas o problema é que eles são muitos e tenho certeza que pelo menos um morre ou sai depois do meio da temporada. Um candidato é Rene, que desde que chegou está causando problemas e já recebeu muito mais foco do que os outros novatos. Eu estou gostando dele, mas às vezes chega a ser um pouco irritante. Veremos o que vai acontecer depois que ele for resgatado no episódio que vem.

arrow 5x04


Quanto aos outros membros mais novos, Curtis nós já conhecíamos, então eu entendo que ele não receba uma atenção maior no momento, mas gostaria de eventualmente ouvir sobre o marido dele, afinal imagino que ele não saiba sobre o Team Arrow. Já Evelyn é a que nós menos sabemos sobre e ela está quase irrelevante até o momento, mal tem falas, e me incomoda muito o fato de ela aparentemente ser menor de 18 anos. Gente, quem vai se responsabilizar caso algo aconteça com ela? Isso não está certo.

Por fim, temos Rory, que seguido de Rene é o que mais tem recebido atenção, mas isso se deve muito mais por sua participação na história da Felicity. Episódio passado, ela resolveu contar a verdade para Rory sobre sua participação em Havenrock e Rory nem falou nada, só foi embora. Agora, ele desapareceu mesmo e só aparece para dizer para o Oliver que não vai mais poder participar, porque, apesar de não culpar a Felicity, não consegue olhar para a cara dela sem lembrar. Só acho estranho que ele nem TENTOU olhar para a Felicity depois que ele descobriu, então como sabe que não consegue?

Fiquei um pouco triste que nem deram tempo do Oliver e da Felicity conversarem sobre o assunto, mas pelo menos pudemos vê-la falando um pouco com o Curtis. Ele incentiva Felicity a ir falar com Rory sobre o assunto, mas Felicity se culpa pelo acontecido e entende o porquê do Rory não querer trabalhar com ela, alegando que não tem nada que ela possa fazer para tornar a situação melhor.

É só quando a situação fica mais complicada é que Felicity vai falar com Rory, porque o Team Arrow poderia utilizar muito a ajuda dele – considerando que ele tem aquela roupa quase invencível -, principalmente agora que o Oliver não está ali. A cena da conversa entre os dois foi ótima, em que a Felicity falou sobre como ela também é lembrada do que aconteceu quando olha para ele e que Havenrock vai ser o legado que ela vai deixar no mundo, mas tudo o que ela pode fazer é continuar trabalhando para salvar a cidade, e aconselha que o Rory faça o mesmo. É claro que no fim ele acaba seguindo o conselho, e se junta aos outros para derrotar Church. Só preciso notar que as habilidades dele estão sendo muito pouco utilizadas, já que ele é bem mais poderoso que o resto.

No fim, Rory tem outra cena ótima com Felicity em que ele diz que os dois podem cuidar um do outro para não se sentirem muito culpados por tudo. Achei legal, mas sinto que a história do Rory se encerrou por aqui. Não consigo vê-lo se encaixando na equipe a longo prazo, então ele provavelmente vai sair depois que tenha se passado um tempo e Felicity já tenha seguido em frente de Havenrock.

arrow 5x04


Mas vamos para o que REALMENTE importa: Diggle. Todos sabemos que ele está preso e não quer sair porque acha que merece ser punido, mas Lyla não concorda com isso e convoca Oliver para ajudar.

Logo no início do episódio, vemos um confronto com Felicity, que não concorda com tirarem Digg de uma prisão, principalmente se ele não quer. Para mim, eles não explicaram suficientemente bem porque a Felicity tem essa opinião e, para mim, parece que já há um tempo eles estão diminuindo a amizade do John e da Felicity. Os dois tiveram poucas interações temporada passada e agora a Felicity age como se não fosse um dos melhores amigos dela. Eu acho que eles estão fazendo isso só porque precisavam fazer essa divisão, e deixar a Felicity com o resto do grupo, o que foi o que eu quis dizer na minha crítica no início da review.

Oliver e Felicity brigam um pouco por causa disso, o que causa Felicity a mandar o resto da equipe tentar impedir Oliver de ir, mas não dá certo. No fim, é claro que Oliver acaba indo, porque é o Digg. Só quero dizer que realmente não é um plano bom a longo prazo, concordo com a Felicity aí, era mais fácil acharem maneiras legais de se combater essa acusação, mas Arrow é Arrow e precisava disso porque, convenhamos, essas cenas foram bem maneiras.

Oliver se infiltrou na prisão, enquanto Lyla comandava tudo e se preparava para a extração. As cenas do Oliver entrando foram bem legais e adoro vê-lo em ação sem estar com uniforme de Green Arrow. Acaba nem sendo TÃO difícil assim se infiltrar, e com os esquemas e habilidades do Oliver, logo ele está na mesma cela que o John, e consegue convencê-lo com uma pequena chantagem, dizendo que ele não vai sair e vai acabar sendo preso também se o Digg não seguir com o plano, e também com um discurso fofo. Oliver diz que existem outros jeitos de penitência e que ele pode se redimir através do trabalho em Star City e não na prisão.

Digg tem um certo conflito moral como sempre, mas acaba se convencendo e vai. Eu achei ótimo, quase comecei a discursar aqui sobre prisão e punição, Diggle devia ler Foucault e perceber como prisão é um sistema muito falho de qualquer forma.

Quero ver como é que eles vão resolver essa questão do Diggle agora, já que ele é um fugitivo. Mas mais do que isso: quero ver Diggle e Felicity realmente interagindo, por favor, né.

O Melhor:
+ Digg de volta!!!!!
+ Oliver e Digg, melhor amizade, beijos
+ Cenas da prisão foram legais
+ The apoiando o Quentin no final
+ Cenas entre Felicity e Rory
+ Tô surpreendentemente interessada nos flashbacks

O Pior:
- Estou gostando do cabelo do Oliver nos flashbacks. E NÃO, isso não é um ponto positivo, porque não queria gostar. Quem eu me tornei.
- Ignoraram amizade entre Digg e Felicity
- Episódio MUITO cheio de personagens
- PAREM de mencionar o John Jr. pelo nome, me deixem fingir que é a baby Sara ainda. Simplesmente parem!!


Nota: 7,8


Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.




4 comentários:

  1. Ridiculo esse "John Jr" se fosse pro Flashpoint alterar algo que alterasse a morte do Tommy e da Laurel (saudades Baby Sara).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo, TANTA coisa que eles podiam mudar e resolvem só apagar a baby Sara da existência, logo a criança mais fofa! E ainda apagam a homenagem que Diggle e Lyla fizeram a Sara Lance :(

      Excluir
    2. Sara está viva, então não faz sentido já que a homenagem foi feita devido a morte dela, mas concordo quanto ao Tommy já que a Laurel vai voltar no episódio 5x10, eu também não gostei da mudança =/, só estou citando um ponto a se considerar, Sara voltou a vida afinal.

      Excluir
    3. Mas ela estava morta na época, então não acho justo apagar a significância disso... Estão querendo nos fazer esquecer que eles tinham matado a Sara, mas não esqueço. Vi alguém no tumblr falando que se fosse pra mudar o gênero do bebê deviam ter chamado de Lance, porque afinal mesmo com a mudança, o bebê continuou nascendo logo após a morte da Sara.
      E confesso que acho estranho demais o Diggle nomear o filho em homenagem a ele mesmo hahaah

      Excluir

 
UA-48753576-1