Image Slider

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Review: Agents of SHIELD 4x03 - "Uprising"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Uprising", exibido no dia 11/10/2016!

agents of shield 4x03

Altas emoções e muita escuridão. Depois do novo time formado entre Robbie e Daisy, a dupla vai visitar o tio do Motoqueiro, que pode ter a ver com o laboratório cheio de 'fantasmas' do episódio passado. No entanto, a história congela completamente. Quando a cidade para por causa do blackout, eles param para ajudar Gabe, o irmão de Robbie - o que nos leva a uma boa luta para defender o garoto de uma gangue de rua. 

Infelizmente sempre esqueço que Daisy não se cura rapidamente e o braço da moça está em uma situação cada vez mais feia, por isso a ação realmente para por ai. Robbie sai para arranjar remédios e Gabe faz uma chantagem básica para Daisy ir embora. Ai, Gabe, se você soubesse sobre o seu irmão, você iria querer proteger a Daisy de andar com pessoas más, não o contrário. 

Enquanto isso, não pensem que esqueci da angustia que passamos essa semana sem AoS e sem notícias da May. Várias cidades começam a sofrer blackouts, carros e eletrônicos param de funcionar, gangues começam a se aproveitar da escuridão e surge uma fagulha do caos. Com toda a confusão, Coulson, Mack e Fitz vão atrás de Elena, que está a primeira a ser afetada por isso, enquanto Jemma fica responsável pela situação crítica de May. E a morte repentina de um dos afetados pelos 'fantasmas' a torna ainda mais crítica. 

Infelizmente não temos muito o que fazer e a única opção de Simmons é pedir ajuda ao Radcliffe. O prognóstico é simples: Melinda morrerá em algumas horas literalmente de medo. Seja lá o que os 'fantasmas' fizeram, eles alteraram parte do cérebro dela, fazendo-a sonhar acordada, tendo pesadelos constantes. A situação é pior do que os jogos de palavras, acreditem. A solução? Nada boa, mas é matar May. Matar May para revivê-la novamente minutos depois, quase como um reboot de computador. Fácil, sqn. São minutos de pura tensão e, assim que o blackout chega antes de reviverem-a, a morte dela parece ainda mais real. Quando vários 'nãos' iam surgindo na minha cabeça e na de Simmons, Radcliffe é quem salva o dia com a bateria superpotente de Aida. OBRIGADA.

agents of shield 4x03

Apesar da montanha russa emocional, os reis do episódio são o trio masculino. E Elena. Nossa latina preferida estava em uma despedida de solteira quando as luzes acabam e tudo desliga. Até aí tudo bem, o problema de verdade surge quando um grupo de bandidos chega e exige que o(a) inumano(a) da festa - sim, eles sabem que há um(a) - se apresente. Tentando não levantar suspeitas Elena até tenta se controlar e não usar seus poderes, mas, quando um homem é ameaçado com uma arma, não há outra coisa a fazer. Sério, vamos falar sobre o fato de que o mágico da festa realmente foi acusado de ter poderes por causa dos truques??! Muito bom. 

Particularmente, acho que a Yoyo conseguiria derrotar todo mundo dali sem nem saberem que foi ela, maas, talvez preocupada com a amiga descobrir seu segredo, ela acabou sendo pega. Felizmente, Elena recebe uma ajudinha na hora certa. Phil, Mack e Fitz deslizam pelo salão e saem desarmando todo mundo. 

Ainda por cima aprendemos a ser menos dependentes da tecnologia nesse episódio. A falta dos gadgets nos mostrou maravilhas. Pensamento criativo, pessoal! Fitz, como sempre, é quem comanda as invenções de última hora e consegue, por meio de diversas bússolas, nos levar à melhor cena do episódio (além da May viva e mal humorada, claro). Eles encontram a fonte dos impulsos elétricos que estavam impedindo as cidades de terem energia e a cada movimento de luz, um por um, os guardas foram caindo. Lindo. Uma cena de luta bem feita com uma ótima fotografia. 

agents of shield 4x03

*Só queria apontar que agora todo mundo dessa festa sabe sobre a Yoyo. Isso não é muito bom, né? Digo, adicionando ao fato de que pessoas importantes do governo estão vazando informações sobre os inumanos registrados e etc, como Coulson já temia. Essa manobra dos blackouts terem sido culpa dos inumanos no fundo era só uma forma de fazer as pessoas ficarem com mais ódio deles e usarem o evento para os atacarem. Devo dizer, foi bem inteligente. 

É isso que eu adoro da narrativa da série. Aos poucos a coisa foi se desenrolando, chegando a uma senadora calma e vingativa com um irmão preso no meio do processo de se tornar um inumano - o que nos leva a mais umas trezentas perguntas a serem respondidas. Os watchdogs agora estão recebendo incentivo financeiro e apoio internacional, e isso não é nada bom. E a Shield finalmente saiu das sombras para procurá-los. 


O melhor
Cena de luta com Mack, Elena, Fitz e Coulson.
May viva, uhu!
Plano da senadora (ou será que tem mais gente por trás disso?) causando divergências sobre os inumanos - não que eu queria isso.
Mão do Coulson parando de funcionar, lol.

O pior
Realmente achei que iria ter mais ação para a Daisy e o Robbie. Aliás, essa equipe durou pouco, hein.
Sofri com a Simmons nesse episódio.

Nota 9,0

Mariana Oliveira Sou estudante de Publicidade, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Estou sempre à procura de mais uma série, afinal nunca é demais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1