Image Slider

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

WTF is... Stranger Things?

stranger things netflix

Ah, Stranger Things. Se você não viu, deve ter ouvido falar. Desde que lançou, não ouço falarem de outra coisa. Por isso, resolvi assistir e tenho que falar: é bom mesmo. A história se centra no sumiço de Will, um garoto de 12 anos que desaparece sem deixar qualquer rastro. A partir daí, vemos coisas estranhas acontecerem na cidade e vários grupos de pessoas se veem convertendo para um grande mistério. Além disso, tudo se passa em 1983 na cidade de Hawkins, Indiana, o que por si só já traz um clima único para a série.

Para minha surpresa, todo o mistério da série é feito de uma forma completamente diferente do que eu achava. Logo na primeira cena percebemos que o sumiço não é o único mistério a ser desvendado. Há coisas estranhas e inexplicáveis que estão acontecendo, e tudo se conecta de alguma forma. Sabemos do envolvimento de certas pessoas, mas isso não significa que o mistério se torne menor por causa disso. 

Stranger Things basicamente se divide em três núcleos: adultos, adolescentes e crianças. Aos poucos todos vão conseguindo peças diferentes do grande quebra-cabeças, juntando-se no final. Os adolescentes começam de maneira morna, com temáticas fora do mistério central. Namoros, nerds x populares, essas coisas. Mesmo seguindo um clichê, os personagens vão sendo aprofundados e fugindo de esteriótipos. O núcleo vai crescendo e se transformando de forma significativa para o mistério. 

Enquanto isso, temos as crianças. Quatro crianças que ganham a série como ninguém. São adoráveis e cativantes, cada uma do seu jeito. Dustin com sua fofura. Lucas com seus questionamentos. Mike com sua preocupação. Eleven com... seu tudo. Eles tem seus altos e baixos, afinal se adaptar a situação estranha não é fácil, mas ganham nossos corações. Olha para eles, vai dizer que não são maravilhosos?

stranger things

Esse núcleo já começa na frente. Eleven é uma garota com poderes telecinéticos que passou por experimentos e logo se mostra peça-chave na coisa toda. Eis uma atuação que valeu a pena ver. A menina sofreu nas mãos de quem quer que seja e luta para aprender sobre o mundo. Ela tem seus medos, seus segredos, mas ela vai aprendendo valores importantes com os garotos.

É fácil se apaixonar por essas crianças e o quanto se preocupam com o amigo desaparecido, Will, e uma com as outras. Eles querem participar e, apesar da pouca idade, tenho que falar que eles descobrem muito do mistério sem ajuda externa. Ok, talvez consultem um professor de vez em quando, mas sabe como é. (Aliás, ótimo personagem secundário.)

Por fim, temos os adultos. Joyce, a mãe de Will, e o xerife da cidade, Hopper. Os dois batem de frente e lutam para encontrar a verdade - por mais inacreditável que seja. Hopper é um homem com seus próprios problemas. Perdeu a filha pequena e parece que, depois disso, sua vida desmoronou. Se isso o torna um tanto problemático, também o faz aderir a causa de Joyce cada vez mais. 

stranger things

A série é uma corrida contra o tempo, principalmente para Joyce. Ah, eis outra pessoa que ganha nossa atenção junto com as crianças. A personagem passa por poucas e boas. Para começar, um de seus filhos sumir já não é algo fácil de lidar, mas, para piorar, Joyce começa a vivenciar eventos meio sobrenaturais. Recebe ligações, ouve Will, tenta se comunicar, enfim... Winona Ryder sabe nos mostrar essa explosão de sentimentos de forma brilhante. Joyce é vista na linha tênue da sanidade, ela sabe disso, mas sua prioridade em salvar o filho é maior do que tudo. Seu olhar, suas ações dizem tudo. Uma coisa é certa: é uma mãe que se importa e não vai desistir tão fácil.

Stranger Things é um ótimo suspense. Algumas partes dão um medinho? Sim, mas a série engloba desde risadas a angústia. Cada um desses núcleos são momentos, peças que precisam uma da outra e colaboram para esse mistério. O final da primeira temporada com certeza nos deixou ansiosos por respostas, mas não seria um bom suspense se não deixasse, não é mesmo?

Vou deixar aqui o trailer! E visitem a página do facebook da série, o Netflix sempre faz ótimos teasers (tem até Xuxa, acreditem)!



Mariana Oliveira Sou estudante de Publicidade, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Estou sempre à procura de mais uma série, afinal nunca é demais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1