Image Slider

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Dica da Semana: O Jardim das Palavras

Perfeita para um sábado à tarde, a animação O Jardim das Palavras, também conhecida como The Garden of Words mundo afora, está disponível no Netflix

Lançado em 2013 – e com curtos 46 minutos de duração – a história parece ter uma premissa relativamente simples; no estilo boy meets girl, sabe? Mas vejam bem, parece.

Sim, tudo começa com um encontro ao acaso numa manhã chuvosa de inverno. Temos, inclusive, um poema “misterioso” conectando nossos protagonistas, Takao Akizuki e Yukino Yukari. Mas eu estaria mentindo se dissesse que as coisas acabam por aí. Muito pelo contrário.

O Jardim das Palavras é uma animação sobre amadurecimento, auto-questionamento e a descoberta do primeiro amor e as consequências, para o bem ou para o mal, que podem ir junto com ele.

Animação japonesa

É certamente uma experiência diferente. Talvez, em grande parte, devido à delicadeza com que tratam cada cena, cada segundo. Como se o tempo que tem fosse precioso demais para ser perdido.

Diálogos significativos. Trilha sonora impecável. Cenários de tirar o fôlego (e extremamente realistas). Honestamente, não tem do que reclamar no que diz respeito à parte técnica e/ou criativa d’O Jardim das Palavras. 

Tem, inclusive, aquele je ne sais quois que falta em tantos filmes; aquela magia que encanta e envolve e ah. Você se perde no filme.

Animação Japonesa

Clique aqui para ver o trailer. Mas só para não dizer que eu não avisei, saiba que tem bastante spoiler.


Thaís Cabral - Estudante de Publicidade, pseudo-escritora, leitora compulsiva e chocólatra. Gosto de séries de TV (americanas e/ou britânicas), filmes e anime/mangá.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1