Image Slider

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Review: The Middle 7x22 - "Not Mother's Day"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Not Mother's Day", exibido no dia 04/05/2016!

the middle 7x22

É Dia das Mães em The Middle! Ou melhor, não é Dia das Mães em The Middle. Frankie cancelou o Dia das Mães. E por um bom motivo. “Após 22 anos, eu não quero mais calças amarelas, ou um vale para jogar laser tag, ou meio burrito às 11:59 da noite”. Faz todo o sentido.

Conhecemos bem a família Heck nestas sete temporadas, e já estamos cansados de saber que a Frankie sempre aguarda por momentos de extremo carinho e atenção neste dia especial, e quase sempre acaba decepcionada. Não é a primeira vez que o seriado foca neste feriado, por sinal, sempre colocando a matriarca em certa desvantagem. Coitada.

Mas desta vez ela está pronta para poupar a todos da ‘obrigação’ do Dia das Mães, afim de que todos possam curtir o domingo como se fosse um dia qualquer. Mas nem todos aceitam de bom grado. Enquanto Mike e Axl julgam a atitude suspeita, quase como uma cilada, Brick se mostra irritado por já ter se adiantado. “Para a mulher que me deu à luz. Com amor, Brick”, diz o cartão extremamente mal feito que Brick fez em uma página de caderno. Nada além disso. E se sua falta de empatia e sensibilidade já não fossem claras o bastante, ele rasga o ridículo cartão sem dó, tão logo Frankie anuncia o ‘cancelamento’ do feriado.

the middle 7x22

Mas embora tenha libertado sua família, e se poupado de mais um dia decepcionante, Frankie sabe que é mãe e que merece algum agrado, mesmo que seja de si mesma. É justamente por isso que ela decide se recompensar com a única coisa que realmente gostamos, como seres humanos, de nos recompensar: comida! Já diria o comediante Jerry Seinfeld, ‘comer besteiras são como pequenas férias durante o dia’. Exatamente.

E Frankie está animada e feliz devorando um frango assado na fila do supermercado quando, chegada sua vez no caixa, descobre estar sem a carteira. A crise dura pouco, pois um senhor que está logo atrás dela resolve fazer uma gentileza e se compromete a pagar pelo frango. “Não precisa me pagar de volta. Só passe adiante”, diz o bondoso senhor. E passar adiante é o que ela vai fazer.

“Ele me fez pensar que talvez o Dia das Mães seja sobre pessoas fazendo o bem umas para as outras, por pura bondade. É isso que eu quero de ‘não dia das mães’, que todos passem adiante para alguém da família” – diz a matriarca para os Heck, que, é claro, não poderiam estar menos animados. Fazendo um sorteio no estilo ‘amigo secreto’, Frankie coloca o nome de todos – inclusive de sua mãe, que os está visitando por motivos óbvios – em um boné.

Brick é o primeiro a retirar um nome, e tão logo vê quem tirou, já solta um incrivelmente insensível: “Tirei a mãe. Ótimo, é o Dia das Mães tudo de novo”. Não tendo como piorar, é claro, ele apenas reedita o mesmo cartão vagabundo de antes e o entrega. Incrível como o jovem Heck está ficando com um desdém cada vez mais próximo do que o seu irmão Axl tinha nas primeiras temporadas do seriado.

the middle

Pat, a avó, tira Mike, e rapidamente lhe presenteia com uma indireta vinda diretamente do passado: “Um passe vitalício para que você nunca precise dançar comigo”, ela diz aos risos. Sem entender nada, Mike é relembrado pela sogra de uma ocasião onde ele, recém-chegado na família, foi convidado por ela para uma dança na frente de um salão inteiro, no que ele negou, para total humilhação de Pat. E por mais que Mike pudesse jurar que aquilo foi apenas algo passado, o simples fato de a sogra ainda ter amargura pela história o deixou extremamente chateado. 

Ao final do episódio, em um momento incrivelmente sensível e emotivo, o patriarca confesse para a sogra que ela é uma grande figura materna em sua vida, uma vez que ele perdeu a mãe muito cedo, e justamente por isso, conseguir sua aceitação possuía tamanha importância para ele. Ele, enfim, acaba pagando a ela a sua dança, num posto de gasolina de beira de estrada. Mas o sentimento, enfim, está completo. Lindo momento da série.

Mas enquanto Mike acabou fazendo algo muito legal para Pat, o mesmo não pode ser dito do que ele fez com Sue. Originalmente, Mike tirou a filha no sorteio, e achando que tinha feito uma grande coisa, pegou o bichinho de pelúcia de estimação e caindo aos pedaços da filha e mandou para uma reforma completa, no que resultou em bichinho completamente diferente do original. É muito engraçado e triste ver como Sue tenta manter um sorriso, ao mesmo tempo em que está totalmente devastada por ver seu antigo bichinho totalmente mudado.

the middle

E não é o bastante de sofrimento para a pobre Sue, já que ao tentar agradar Brick – ela o tirou – e deixar que ele ficasse em seu quarto enquanto ela estaria trabalhando fora nas férias, uma vez que ele e Axl, por serem homens, sempre dividiram o mesmo quarto, acaba perdendo o espaço de vez. Brick se anima muito rápido, e não só se muda, como altera quase completamente o cantinho de Sue. Ao final do episódio, devastada, sem quarto e abraçando seu bichinho de pelúcia mudado, ela acaba ganhando o melhor presente de todos. Axl, quem diria, reaparece para dar uma bela lição para a irmã, injetando-lhe confiança para abraçar novos horizontes, mas também garantindo que sempre haveria um lugar para ela quando ela quisesse voltar. Axl está realmente se superando nesta temporada em mostrar o quanto se importa com sua família.

Por fim, Axl tira ele mesmo, e se presenteia com botas usadas, que lhe dão uma bela alergia. E Frankie, quem diria, acaba tirando sua própria mãe, que por motivos de vício em programas de televisão, se sente obrigada a deixar a família antes que Frankie pudesse lhe presentear. É por isso, então, que Frankie decide ‘passar adiante’ literalmente, e pagar as compras de uma mulher no supermercado. Mas numa virada típica da série, a mulher não tinha somente as poucas comprar que estavam na esteira, mas sim um carrinho imenso que seu marido ainda estava trazendo. Frankie é aplaudida por sua atitude, e mesmo querendo desistir, se vê obrigada a pagar a compra. Ao final desta subtrama, num ato desnecessário do roteiro, Frankie aborda o casal no estacionamento e pede por algumas das compras, já que diz que mais do que pretendia. Ficou estranho. E desnecessário.

the middle 7x22


O melhor
+ A cara da Sue tentando mostrar que gostou do bichinho reformado foi genial.
+ O discurso do Axl ao final foi realmente incrível, bem como o do Mike para Pat. Com certeza entram para os melhores momentos da série.
+ O Axl ‘destruindo’ o bichinho da Sue para que ficasse mais parecido com o antigo.

O pior
O Brick foi muito desprezível e insensível neste episódio. O personagem parece que anda perdendo carisma ao longo desta temporada.

- A Frankie pegar parte das compras que pagou pro casal de volta foi meio desnecessário, e foi feito de uma forma que deixou a coisa muito estranha. Frankie é melhor que isso.

Nota: 9,0

Cássio Delmanto Advogado, colunista automotivo, beatlemaníaco, fanático por carros, filmes, séries, música, tecnologia e cultura inútil em geral. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1