Image Slider

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Review: The Flash 2x22 - "Invincible"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "Invincible", exibido no dia 17/05/16.


laurel lance the flash


O metapocalipse chegou! Sim, é assim que estamos chamando, pelo o que parece. Zoom chegou na Terra-1 e trouxe todos os seus amigos com ele, já que eles já tinham terminado de invadir uma Central City e agora passaram pra outra. Porque essa é a única cidade que existe no mundo.

Ele só trouxe gente ~~do mal~~, vários metahumans que estavam à solta na cidade, prontos para matar quem aparecesse no caminho. Uma dessas pessoas é ninguém mais que Laurel Lance, mas não, não é a nossa conhecida Laurel de Arrow, mas sim a versão dela da Terra-2, que obviamente, é muito mais malvada e conhecida como Black Siren. A aparição da Laurel foi a forma que o pessoal de Flash conseguiu encontrar para homenagear a personagem que se foi, mas ela mesmo nem tem muito destaque assim no episódio.

Laurel da Terra-2 é uma metahuman e seu poder é gritar muito alto, podendo destruir prédios ou até mesmo matar pessoas só gritando. Desse modo, acaba ficando bem difícil capturá-la, ainda mais quando ainda tem todos os outros vilões espalhados por aí. Laurel é uma das pessoas que chega mais perto de conseguir matar o Barry, que só conseguiu escapar porque foi salvo por Wally.

Cisco e Caitlin – que foi embora, depois que o Zoom deixou escolhê-la e está ainda um pouco traumatizada – resolvem tentar distrai-la se vestindo como seus doppelgangers mortos, o que não dura muito tempo, mas pelo menos foi divertido. A Laurel logo percebeu que eles não eram o Reverb e a Killer Frost verdadeiros, e fez um teste rápido com Cisco para confirmar isso. Mas isso não importa muito, o que me deixou curiosa foi a afirmação da Laurel que todos os doppelgangers são imagens espelhadas um do outro, portanto o Reverb era canhoto, enquanto o Cisco é destro, mas fiquei me perguntando se isso se referia somente à imagem literal ou a personalidade também. Porque existe uma incidência bem grande de personagens que são vilões em uma Terra e heróis na outra, mas nós vimos que o Barry e a Iris não se encaixam nisso, então como explica isso? E por que só Terra 1 e 2 quando existem milhares de Terras por aí? Eu sei que isso provavelmente foi só um motivo para a Laurel descobrir e não é para ficar pensando muito, mas não consigo evitar.

Por sorte, Cisco e Caitlin conseguem distrair Laurel o suficiente para o resto do Team Flash organizar uma solução, lançando uma onda que incapacitaria todo mundo da Terra-2, que estava vibrando em uma frequência diferente. Com Jessie e Harry protegidos, todos os metahumans acabaram ficando inconscientes por um tempo, fazendo com que Barry pudesse prender todos. Tirando o Zoom, é claro, que conseguiu fugir antes de perder a consciência.

barry allen 2x22


Desde que voltou na força da velocidade, Barry está surpreendentemente otimista. Acha que vai conseguir vencer o Zoom, derrotar todos os metahumans, ficar com a Iris, ser feliz para sempre, abalando em todos os sentidos. O Team Flash logo nota esse novo traço de personalidade e fica bem preocupado, porque confiança demais não faz bem, né, todos sabemos que medo existe por um motivo, ele é uma defesa necessária para não se arriscar tanto. Ao longo do episódio, vários dos personagens tentam falar com Barry sobre isso, mas ele se mantém que está apenas sendo otimista, mas vai continuar tomando cuidado.

Por um lado, foi bom o otimismo dele, porque até que eles conseguiram vencer a maior parte dos metahumans. E Zoom já tinha encontrado com o Barry, conversando sobre como eles tinham tido experiência semelhantes e, no fundo, eram iguais. Uma coisa bem Harry Potter mesmo
.
Zoom aponta que Barry fica se fingindo de herói, com essa postura dele, mas no fundo ele ia acabar virando que nem o Zoom. Realmente, Barry sempre teve essa coisa de se autonomear herói, de precisar dessa validação de que está fazendo o certo e tudo mais, é algo que eu particularmente não gosto muito (prefiro muito mais personagens tipo o Oliver em Arrow), mas é parte da personalidade do Barry, ele precisa disso.

Zoom, entretanto, não está nem um pouco feliz com isso. Não sei porque ele simplesmente não mata o Barry logo, ultimamente ele nem anda tentando muito, pra falar a verdade, parece que ele quer causar um drama antes de qualquer coisa. Ele resolve que vai fazer o Barry perceber como eles são parecidos e escolhe o jeito mais fácil de retraumatizar alguém: com morte. E quem é o escolhido? Henry, é claro.

Não foi exatamente surpreendente, porque o Henry tinha voltado para Central City e só estava mais atrapalhando do que ajudando, então ele não ia poder continuar, não tinha exatamente um lugar pra ele na série. Mas nunca se sabe, ele estava até com um início de um possível romance com a Dr. McGee, mas no fim nem isso o salvou. Zoom sequestrou o Henry, levou de volta para a casa da infância do Barry, no mesmo lugar que a mãe dele tinha sido assassinada, esperou o Barry chegar para tentar salvar o pai e aí, pronto, matou Henry bem na frente do filho.

É, se existe algo que poderia abalar esse otimismo era presenciar a morte do pai. E no mesmo lugar da morte da mãe ainda, como se só ficar órfão não fosse o suficiente. É claro que Barry não vai se tornar super mal, nem nada, no fundo ele continua sendo ele mesmo, mas é tenso. Espero que só motive o Barry ainda mais.

the flash invincible


Além de tudo isso, também tivemos uma parte com o Wally, de quem eu venho gostando cada vez mais. Depois de ter sido salvo pelo Flash, Wally resolve que vai repagar o favor ajudando a salvar as pessoas, se juntando ao resto da família nessa coisa de precisar salvar todo mundo.

Quem não fica muito feliz com isso é Joe, que não quer que o filho fique em perigo, principalmente porque, ao contrário do Barry, o Wally não tem nenhum poder (ainda!!) e pode acabar se colocando em risco ao fazer isso. Ele tenta falar diretamente com o Wally, que explica o que está fazendo ao dizer que não sabia que ele merecia ter sido salvo, mas que iria se tornar merecedor. Meu deus, me deu uma vontade tão grande de ir até lá abraçá-lo naquela hora. É claro que você merece ser salvo!!!! Alguém dá um apoio emocional pra esse menino, por favor.

Depois de não conseguir convencer o filho, Joe pede para Barry ir falar com ele como Flash, mas a verdade é que Barry nem tenta convencer muito não, ele até conversa com Wally, mas dá para ver que ele secretamente super apoia a atitude do Wally. Eu realmente quero que eles aprofundem a dinâmica entre Wally e Barry, porque acho tão interessante, os dois, de alguma forma, se sentem “excluídos” da própria família, como se o outro estivesse no lugar, e quero que eles se aproximem mais.

No final do episódio, logo antes do Henry ser sequestrado, tivemos um jantar, organizado pela Iris, com todos os personagens. Gente, eu amo muito muito mesmo cenas de jantares de família. É um dos meus pontos fracos. E está todo mundo lá, reunido, pronto para começar a comer, quando Zoom chega e rouba o henry bem na frente de todos, fazendo com que Barry saia correndo atrás dele.

Então agora Wally – que era o único dali que não sabia que o Barry era o Flash – ficou sabendo desse segredo, e talvez eles consigam até conversar sobre isso algum dia. Mas o que eu quero mesmo e não aconteceu ainda é Wally e Jessie virando speedsters, pelo menos um deles! Adoro os dois, e eles estão com essa química entre eles, que eu espero que chegue em algum lugar, porque os dois são muito fofos.

O Melhor:
+ JANTAR!
+ Wally no episódio inteiro, amei
+ Nunca me importei com a Dr. McGee, mas achei ela tão fofa nesse episódio
+ Cisco e Caitlin disfarçados
+ Caitlin lidando com sua volta
+ Quickwest! <3
+ WESTALLEN, será que no próximo episódio os dois vão finalmente ficar juntos?
+ Gostei da Laurel

O Pior:
- Henry morrendo, um pouco previsível
- Cadê quickwest como speedsters? Não tenho a vida toda pra esperar
- Zoom está tão chato, quero saber o que exatamente ele pretende


Nota: 8,5

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Me decepcionei com o Zoom ele tava tao foda, mais foi revelar que ele era o Jay da Terra-2 do passado que ele perdeu meu respeito.O Eobard Thayne/Reverse Flash foi melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que perdeu o respeito por ser o Jay? ._.
      eu achei legal hahah mas estou mais curiosa para saber quem é aquele outro cara mascarado lá

      Excluir
  3. Eu acho que e porque eu esperava que fosse outro personagem não esperava que fosse o Jay (Quer dizer mais ou menos)e por eu achar o Jay o Flash mais estiloso.E quanto ao cara mascarado eu ate pensava que poderia ser o Jay verdadeiro mais eu acho que ta muito na cara, bem o ator do Cisco disse que e surpreendente, acho que na Season finale eles com certeza vão falar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah sim, entendi! Eu não tinha nenhum sentimento sobre o Jay, então não me importei muito, também achava que o Jay podia ser o cara mascarado, mas acho que não ia fazer sentido terem tantos Jays assim. Espero que revelem semana que vem mesmo!

      Excluir
  4. A atriz que faz a Dr. McGee, está reprisando seu papel onde interpretou a mesma personagem no seriado do Flash dos anos 90. Fazendo uma grande homenagem ao seriado, junto com John Wesley Shipp, o Flash original.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sabia antes, descobri recentemente! Achei bem fofo!

      Excluir

 
UA-48753576-1