Image Slider

sábado, 12 de março de 2016

Review: The Big Bang Theory 9x18 - “The Application Deterioration”

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "The Application Deterioration", exibido no dia 10/03/2016!

the big bang theory 9x18

Howard e Bernardette estão ‘grávidos’. Se lembra disso? Há alguns episódios, enquanto os rapazes se encontravam em um bar de temática havaiana para celebrar a notícia, e também ajudar um estressado Howie a relaxar, surgiu ali uma ideia que poderia levar a todos a uma vida de prosperidade econômica: o desenvolvimento de um sistema de navegação para bêbados, que usasse de alguma forma o superprotejo de Leonard e Sheldon sobre superfluidos. E se na época eu não entendi exatamente como, continuo no escuro. 

Aqui, o plano volta à ativa. Howard precisa de grana para criar seu filho, afinal de contas, e o quanto antes o dinheiro começar a pingar, melhor. Ansiosos, Howard, Leonard e Sheldon se reúnem para uma reunião com a universidade para o qual trabalham, com o intuito de vender a ideia e ficarem ricos. Entretanto, a coisa não funciona exatamente da forma esperada: sendo funcionários, é apenas esperado que eles acabem, eventualmente, apresentando estes tipos de projetos, e justamente por isso, uma parte substancial dos direitos sobre a futura patente (75%) deverá ficar com a universidade.

“Nós três faremos todo o trabalho e só acabaremos com 25%?” – pergunta Leonard, angustiado. “Dr. Hofstadter, esta Universidade vem pagando salários para vocês há mais de 10 anos. Você acha é por mera bondade? ” – rebate o representante. Realmente difícil vencer este argumento. E Leonard acaba concluindo, eventualmente, que ou o trio faz o negócio com a Universidade, ou não o farão de modo algum, já que mesmo que façam por conta própria, enquanto sejam empregados, por força de contrato, tudo o que eles criarem acabará para a instituição de qualquer forma.

the big bang theory 9x18

Mas se ficar com apenas 25% já estava parecendo ruim o bastante para o empobrecido Howard, nada é tão ruim que não possa piorar: ele é um funcionário público contratado pela NASA, que meramente o ‘empresta’ para a Universidade num negócio de mutuo beneficiamento. Portanto, a Universidade não deve absolutamente nada a ele. Seu nome poderá até constar da patente, mas em termos de valores, a legislação americana o proíbe de ganhar qualquer coisa.

É justamente nestas horas que é bom ter amigos! Sabendo que toda a ideia veio de Howard justamente para tentar conseguir um conforto financeiro para a criação de seu filho, Leonard e Sheldon concordam, gentilmente, em dividir os seus já esparsos 25% de lucro com o amigo num acordo à parte. “Me parece que um contrato deve estar a caminho” – diz um Sheldon levemente excitado. Fascinado por contratos desde criança – como ele mesmo diz – Sheldon não vê a hora de poder transformar em papeis e regras o acordo verbal que acabaram de firmar.

E por mais que Sheldon seja aquela típica pessoa que é tão certinha e obcecada por regramentos que não exista dúvidas que colocará tudo de forma honesta, nem todo mundo está satisfeito com isso. Bernardette fica um tanto apreensiva quando escuta sobre o acordo, e não poupa palavras para dizer isto em frente a quem quer que seja. Mas o medo de Bernie não é que seu marido saia prejudicado – e a ideia toda foi dele – mas sim que ele seja destratado por Sheldon, como costumeiramente o é. Quando tudo é posto às claras, enfim, Penny sugere que só acrescentem uma cláusula contratual proibindo Sheldon de fazer piadinhas sarcásticas contra Howard.

the big bang theory 9x18

O que ele aceita de prontidão, se aninando de poder adicionar adendos ao seu contrato. Mas Sheldon, sendo Sheldon, não poderia deixar passar uma última surpresa: além de incluir uma proibição para que ele mesmo seja malvado com Howard, o cientista inclui uma cláusula que garante que 25% de todo o lucro que obtiverem deverá ser destinado a um fundo especial em nome do filho de Howard e Bernie. Sheldon é terrível, às vezes, mas são essas atitudes que mostram que seu coração está no lugar.

Em paralelo, uma subtrama traz a chata Emily de volta: após o término do relacionamento, a garota deixa um presente misterioso na porta do ex-amado Raj. Como Penny, Bernardette e Amy deixam bem claro, é um mero subterfugio para tentar conseguir Raj de volta. E obviamente, sendo Raj um fracote solitário, o plano funciona. Não antes sem entregar um pequeno conflito rapidamente superado: a linda e simpática Clair, a quem todos torcemos para substituir a tonta Emily, entra em contato com ele para anunciar que está solteira de novo e pronta para um encontro amoroso. Infelizmente, fica para outro episódio. Aqui, Emily vence a disputa. Droga.

the big bang theory 9x18


O melhor
+ A animação do Sheldon para redigir o contrato é muito engraçada.
+ Sheldon dar 25% dos lucros para o filho de Howard e Bernardette foi extremamente simpático.
+ A ligação em ‘viva-voz’ de Raj com Emily, com Penny, Bernardette e Amy reagindo e conversando entre elas para auxilia-lo é demais.
+ A Penny não protegendo o Leonard na hora do contrato.

O pior
- A Emily é a pior personagem da série. Não tem sentido trazê-la de volta e não aproveitar a muito melhor personagem Clair.
- Um episódio sem grandes momentos engraçados. 

Nota 7,0

Cássio Delmanto Advogado, colunista automotivo, beatlemaníaco, fanático por carros, filmes, séries, música, tecnologia e cultura inútil em geral. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1