Image Slider

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Review: Gotham 1x21 - "The Anvil or The Hammer"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "The Anvil or The Hammer", exibido no dia 28/04/15.

gotham

 Pois bem pessoal, penúltimo episódio dessa primeira temporada e posso lhes dizer logo de início: No mínimo, essa série terá três temporadas. Se manter esse ritmo, Gotham tem tudo para ser uma série que marcará as pessoas assim como outras marcaram. Dito isso, vocês já imaginam a minha opinião sobre o episódio desta semana né? Então vamos começar.

Começaremos por Charada. Como eu havia dito na última review, estava ansioso para ver o comportamento de Nygma e Kringle neste episódio. Não fui decepcionado. Desde a primeira cena, me diverti com as atuações e temos ali a confirmação do despertar do vilão de Batman que tanto conhecemos. Ao mesmo tempo que foi esperto, Ed foi inexperiente ao desfazer do corpo do policial em plena delegacia de polícia. Fora isso, Kringle chega a ver os pedaços de seu (ex?) namorado e mesmo não o reconhecendo, este fato pode ser usado em uma investigação posteriormente (o que acho sinceramente que irá acontecer). Mas enfim, não tirou o brilhantismo do desfecho. Curti muito a questão da carta ao final e as falas bem encaixadas nos diálogos entre os dois. Não digo que torço para que Nygma consiga ficar com Kringle (porque aí perderia a graça), mas torço para que o roteirista construa cada vez melhor o nosso Charada.

Bruce conseguiu a chave. Achei muito legal o recadinho da Selina, like a Catwoman. É como dizem: sensual sem ser vulgar. Mini Batman vai então a procura do cofre do Sr. Bunderslaw. É incrível como ele chega na Wayne Enterprises, ativa o alarme de incêndio (NINGUÉM percebe que é um alarme falso) e acha o cofre de primeira, como se já soubesse aonde estava. Sempre comentei e vou reforçar: Núcleo muito exagerado. Bruce é adolescente, mal tem cabelo na região pélvica (só para não dizer “saco”) e está no nível de Sherlock Holmes. Não adianta, roteirista sempre irá puxar pro lado do Batman. SEMPRE.

Apesar disto, ele foi surpreendido (eu também) pelo Sr. Bunderslaw que fez declarações importantes sobre seu pai, abalando Bruce. Gostei da apresentação do novo personagem (Lucius Fox) e de ter desmentido Bunderslaw. Seria complexo, a essa altura do campeonato da série, aceitarmos que Thomas Wayne era corrupto assim como a empresa. Enfim, tudo foi confirmado por Alfred ao final da conversa. Por falar no mordomo, me estranhou ele não ter dado nenhuma bronca em Bruce depois de saber a verdade sobre Reggie. Ficou com uma cara de descontente ali, mas foi só, afinal de contas o pequeno Bruce é o seu patrão.

gotham the anvil or the hammer

No núcleo principal da série, Gordon permanece na busca por Ogro. Ao contrário do que pensei, Thompkins não saiu de Gotham e a caçada ao vilão traz reflexos no relacionamento dos dois. Porém, ao final, vemos que tudo fica bem entre eles e Jim gosta realmente de Leslie.

Achei que o fato de aproximarem Barbara do protagonista iria trazer de volta o sentimento entre os dois, ainda mais se considerarmos tudo que Gordon fez para salvar a loira e prender matar o serial killer. A começar pelo favor pedido a Pinguim. Foi sensacional a peitada que Oswald recebeu, mas nada diferente do que já vimos (né Loeb?). Tem também o desfecho entre ele e Ogro. Lutinha mais ou menos. Confesso que foi FODA ele pegando a faca pela lâmina e também o head shot, findando a conversa. O que vejo de mais interessante é a evolução de um simples detetive para o futuro comissário. Sabemos que Gordon tem um lado “negro da força” (sem preconceitos!) e que aprendeu a trabalhar em Gotham e isso me agrada na série. Odeio protagonista inocente demais que acha que tudo se resolve da maneira honesta. É isso ai Jim, orgulho do pai!

Aproveitando que falei de Jim, vamos ao Ogro. Assim, Barbara levanta e quer ir embora. No diálogo dos dois, fiquei esperando alguma indagação vinda dela sobre a sala com os instrumentos de tortura, mas não aconteceu. Foi preciso que ele deixasse clara a situação para que ela se tocasse. Dizem que é por causa do cabelo né? Vai saber.

gotham 1x21

E aí temos o início do sofrimento. O verdadeiro sofrimento. Para você ver que eu não estou de sacanagem. Depois que Ogro a solta das correntes, ele oferece água. Sinceramente, vamos pensar um pouco na situação: Você está preso. O cara que te prendeu te solta e lhe oferece água com a justificativa de que você está desidratado. Tudo bem até aí. O problema é você nem ao menos desconfiar de que possa haver algo naquela substância e tomar de uma vez. Outra coisa: existem centenas de machados e outras armas brancas ali. Se ela corre, pega uma delas e acerta ele para pelo menos desmaia-lo, seria mais lógico, não? Mas nada disso acontece. Ela é quem desmaia (ao meu ver, foi drogada) e ao desenrolar do episódio, o psicopata lhe pede nomes. É incrível o mínimo de remorso que Barbara fica ao ver seus pais mortos (outro indício de que ela estava drogada). Toda essa história entre os dois me lembrou bastante a famosa HQ “Piada Mortal”, na qual o Coringa deixa Barbara Gordon paraplégica no final das contas. Infelizmente, apesar do Ogro ter sido muito bem feito na série, ele não é tão insano quanto o nosso querido palhaço. Todavia, se rolasse ia ser FODA.

Como último: Oswald Cobblepot. A armação para Maroni estava em andamento e eu convicto que iria ver Sal morrer. Fui surpreendido demais com o plano espetacular, digno de vilão PICA DAS GALÁXIAS. Cheguei até pensar que poderia ser um plano de Butch e que Fish poderia estar por trás daquilo. Apesar da genialidade, tenho uma ressalva: Falcone não vai desconfiar que tudo isso é armação de Oswald? Talvez aí poderá entrar o “grande favor” que Jim deve ao Pinguim. Em suma, estou ansioso para ver essa “guerra” entre Sal e Carmine juntamente com Gordon e a polícia de Gotham.

gotham the anvil or the hammer

O melhor:
+ Nygma
+ Ogro e Barbara
+ Jim e Harvey
Oswald Cobblepot, SENSACIONAL!

O pior:
- Ogro morreu
- Bruce MUITO espertinho, como sempre.
- Fish, cadê você?


Nota: 9,6


Pedro Henrique Sales Tão viciado em séries quanto em ser feliz!

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1