Image Slider

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Review: Game of Thrones 5x06 - "Unbowed, Unbent, Unbroken"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Unbowed, Unbent, Unbroken", exibido no dia 17/05/2015!

tyrion lannister

A partir desse episódio, estou assumindo o lugar do Pedro Henrique nas reviews de Game of Thrones. Essa temporada está parecendo para mim, a mais irregular, por estar se distanciando cada vez mais dos livros, mas, também não posso negar que Game of Thrones consegue amarrar muito bem o que propõe a cada episódio. Então, lá vou eu, com olhos mais de espectadora do que de leitora, analisar o sexto episódio da quinta temporada de Game of Thrones: Unbowed, Unbent, Unbroken.

Começarei com Arya, seguindo sua jornada na Casa do Preto e Branco, sem entender muito o que realmente se passa ali. Entre defuntos e chão para serem limpos, Arya se mostrou nesse episódio, finalmente, pronta para dar o próximo passo do seu treinamento. Enquanto ela lavava o chão (ato que parece ser infinito para Arya nessa temporada), um pai surge com sua filha e pede a ela que a sacrifique, então, Arya faz a menininha beber a água da fonte, assim, provando para Jaqen que ela pode avançar mais algumas casas nesse jogo. Ele o leva para onde as faces dos mortos ficam guardadas, revelando para o público e para ela (finalmente!) o que são feito dos corpos que vão para lá. Jaqen diz para Arya que ela não está pronta ainda para ser Ninguém, mas que está pronta para ser Outro alguém. O arco de Arya é riquíssimo e sempre teve muito destaque na série – também nos livros, sendo ela a única personagem que tem PoV em todos os 5 livros – e para alguns está parecendo lento, já que o costume é vê-la sempre em ação e chutando bundas. Agora a personagem chegou em um ponto estratégico de sua evolução, então para que ela se desenvolva bem é necessário de fato essa marcha mais lenta em seu plot, só posso dizer que valerá a pena. Aguardem.

A interação entre Tyrion e Jorah (dupla inesperada para quem acompanhou os livros, só não mais inesperado que Sansa em Winterfell) anda rendendo bons diálogos e cenas. Com conversas sobre seus pais e atualizações um para o outro sobre suas vidas e situações pelas quais passaram mostram claramente como o respeito mútuo da dupla vem crescendo, principalmente da parte de Jorah por Tyrion. Entre as andanças, foram sequestrados por piratas e mais uma vez Tyrion quase morre. E mais uma vez é salvo pelo seu dom com as palavras. Agora que foram pegos, será que enfim chegarão a Meeren? Espero que sim e espero também que isso aconteça antes da season finale, pra podermos ver pelo menos o início do que pode acontecer com Tyrion por lá.

Em Porto Real, temos a continuidade da trama da Fé Militante, que é o foco do arco de Cersei agora. Olenna Tyrel chegou para tentar colocar ordem  no chiqueiro, mas, não adiantou muita coisa. Ou seja, deu ruim pra todo mundo! O julgamento de Loras teve um final que proporcionou um quase Xeque-Mate para Cersei (ou “A famosa Rainha sem-vergonha”, como proclamou a Vó Olenna). Inclusive, vale ressaltar a atitude de Tommem. Quer dizer, a falta dela. Loras foi preso alguns episódios antes e ele falhou em libertá-lo, sendo assim, seu cunhado foi preso após o julgamento e como se não bastasse, Margaery também, por ter mentido para a sua corte. Entre berros de “I am the Queen” e pedidos para que o Rei tomasse alguma atitude, Tommem se viu perdido e sem saber para onde ir. Por causa da cronologia estar meio doida na série em relação aos livros, não sei até que ponto vai esse plot de Cersei, estou ansiosa por alguns acontecimentos que virão provenientes dessas prisões etc. A treta, amigos, ela foi plantada.

Desembarcando em terras Dornesas, temos Jaime Lannister e Bronn, na tentativa de invadir a cidade. Eu esperava muito dessa cena, mas ai, nem rolou. Jaime e Bronn conseguiram entrar facilmente, nenhum obstáculo. E aquela luta entre eles e as filhas de Oberyn? Não, não seja. Eu estava em uma expectativa grandiosa por esse arco dos Martell e das Filhas de Areia, mas, elas ainda não me convenceram (Saudades, Oberyn <3). Que batalhazinha mais sem graça, que já começou sem muita tensão e foi logo interrompida pelos soldados do reino. Nos livros, Jaime não vai para Dorne capturar Myrcella (que na série está muito bem, obrigada, vivendo um romance a la Romeu e Julieta) então, desde que mais essa mudança em relação a história de Martin foi notada, já fiquei meio com o pé atrás, uma nova carga de esperança me veio quando vi que Bronn acompanharia Jaime, mas, depois desse último episódio, realmente, não rolou. O que resta agora é esperar pra ver o que vai acontecer, já que agora todos estão sob a custódia dornesa.

sansa stark
E por fim, chegamos ao norte, nas terras frias de Winterfell. Realmente, o sofrimento de Sansa parece nunca ter fim. Mesmo em casa, ela está cercada por pessoas que odeia e que representam um palpável perigo para ela. Nesse episódio, Sansa se casa com o maior psycho dos sete reinos, Ramsay Bolton, e protagonizou a cena mais polêmica dessa temporada. Na cena final, no quarto, Ramsay o questionou sobre sua virgindade e recebendo resposta negativa, mandou ela tirar a roupa, quando Theon faz movimento de sair do quarto, ele o manda ficar e rasga a roupa de Sansa, a partir daí só vemos um primeiro plano em Theon e os gritos de Sansa.

O estupro causou grande movimentação na internet entre os fãs, alguns achando que não foi nada demais, já que a série sempre a aborda essas questões e outros achando que foi uma cena desnecessária. Eu fico do lado daqueles que acharam que foi uma cena apenas para chocar e que foi completamente desnecessária na trama. Mas, não entrarei em detalhes da minha opinião aqui, isso geraria outro texto e o caso desse aqui, é uma review sobre o episódio no geral. Como Sansa em Winterfell também é uma novidade pra mim, oferecida pela série, me junto aos espectadores que não leram e fico no aguardo para saber o que vai acontecer.

Esse episódio abriu brechas para várias situações que podem enfim, engrenar a série. Agora, é ficar na torcida, esperando que esses próximos quatro episódios tragam bons acontecimentos.

Misturamas/ Autor: Thainá Dayube A resenha está em um modelo diferente do qual usamos porque foi posteriormente postada pelo nosso site parceiro Misturamas. A repostagem foi autorizada pelo autor e blog. 

Um comentário:

  1. Intriga me mata saber o que vai acontecer agora como o acabamento. Espero ansiosamente, Guerra dos Tronos série Sou fã das series, por que eu gosto do suspense de esperar um novo capitulo ou temporada e estou super emocionado com Game Of Thrones, principalmente por saber como segue a história e o desenvolvimento dos personagens.

    ResponderExcluir

 
UA-48753576-1