Image Slider

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Review: The Flash 1x18 - "All Star Team Up"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "All Star Team Up", exeibido no dia 14/04/15.

the flash bees

Abelhas, Raylicity e mais mentiras para Iris, essas três coisas definem esse episódio de The Flash. O que todas elas têm em comum? Eu não suporto nenhuma delas. Pela primeira vez desde que comecei a assistir a série, debati se eu realmente queria me submeter a assistir o episódio. No final, eu acabei assistindo – obviamente -, mas só o fato eu questionar passar direto por ele já é um sinal de que coisa boa não vem por aí.

A vilã principal é uma cientista que inventou mini-robôs em forma de abelhas e as usa para matar pessoas. Eu tenho pavor absoluto de abelhas, vespas, marimbondos e todos esses insetos malignos, então podemos dizer que ver milhares de abelhas perseguindo as pessoas e as matando foi bastante torturante. Eu sei, eu sei, eram robôs e abelhas de verdade não fazem isso (provavelmente), mas isso não me impede de morrer de medo. Me deem mortes sangrentas e detalhadas, mas tirem essas picadas de abelha de perto de mim!

Tinha sido prometido que a vilã (Bree? Confesso que não prestei atenção) ia ser uma nêmesis da Felicity, mas nah. Tirando por um comentário feito por ela mesma dizendo isso – só porque a Bree também era gênia dos computadores – as duas mal interagiram, então dificilmente eu a enquadraria como “nêmesis”. Sério, não delirem, escritores.

Sim, Felicity está de volta a série! Eu amo a Felicity, então normalmente eu estaria feliz por isso, só que não dessa vez, porque ela resolveu vir acompanhado do sempre irritante Ray Palmer. Lembrando que esse episódio de The Flash se passa antes do último episódio de Arrow (3x18), ou seja, antes da Felicity perceber algumas coisinhas. Quem lê minhas reviews de Arrow sabe o quanto odeio o Palmer, então não vou nem entrar nisso aqui, o que importa é que já é ruim o suficiente eu ter que aguentá-lo em Arrow, fazer ter que vê-lo duas vezes na mesma semana é demais para mim. Apenas dois comentários: 1. Escritores, parem de forçar a ideia que não foi creepy o Ray comprar a empresa que a Felicity trabalha. Todo mundo sabe que isso foi perturbador, admitam logo, a Felicity dizer que não foi não torna isso verdade. 2. Como assim a Felicity conta o segredo do Barry assim? Faz sentido nenhum.

the flash felicity


Bom, Ray e Felicity ajudam em pouca coisa no caso. Ray mais se aproveita para terminar a roupa dele lá com a ajuda do Cisco. E ficam tentando ser fofos, mas tudo o que conseguiram foi me fazer querer parar de ver o episódio. Felicity dá alguns conselhos para Barry, e tem ótimas falas, mas não compensa o Ray. Desculpa, Felicity, mas saiba que eu assisti esse episódio por você.

Ray, por sinal, se dá muito bem com Cisco. Provavelmente porque eles não tinham mais o que fazer com ele. Cisco está interagindo com ele de boa quando começa a ter visões sobre o que aconteceu na realidade alternativa no episódio 1x15. Eu não tinha previsto que as memórias dele fossem voltar, só espero que as do dr. Wells não voltem (aposto que vão, mas espero mesmo assim). Cisco, é claro, não entende de onde essas memórias estão vindo e atribui a sonhos.

Se ele tivesse contado pro Barry no início do episódio, teria nos poupado de todo drama desnecessário sobre “será que posso confiar no Cisco e na Caitlin???” do Barry. Tudo bem, é uma pergunta digna, não se pode confiar em ninguém nessas séries, mas já sabemos que sim. Depois de conversar com Felicity e se sentir muito angustiado de não poder confiar em ninguém, Barry acaba contando aos dois no final do episódio. Yay, menos segredos! Agora só torcemos para que eles resolvam isso tudo logo, porque não consigo imaginar os três conseguindo disfarçar bem na frente do dr. Wells.

the flash 1x18

Enquanto isso, na outra parte do episódio, ser obrigado a mentir para Iris está causando conflitos no relacionamento entre Eddie e Iris. Eddie continua sendo muito fofo, e entendo que não é o segredo dele para contar, mas estou torcendo para ele dizer logo, ou pressionar o Barry até ele aceitar. Iris precisa saber!! Não sei o que deu na Felicity para incentivar essa mentira e dizer que é pra deixá-la segura, mas NÃO. Eddie é o único com um pouco de bom senso até o momento, então é hora dele usá-lo antes de Iris terminar com ele. Salve seu relacionamento, Eddie, e, ainda mais importante, nos salve dessa storyline que não acaba nunca!

Ainda estou embasbacada com a argumentação do Joe quando Eddie foi confrontá-lo sobre contar para a Iris. Dizendo que ele podia decidir o que era melhor para Iris porque era pai dela, e quando ela fosse casada com o Eddie, ele poderia decidir. Oi???? Desculpa, acho que o Barry voltou no tempo mais uma vez, porque esse argumento parece estar décadas no passado.

Sério, é isso mesmo? Quer dizer então que apenas o pai ou o marido de uma mulher pode fazer decisões por ela? Por que ela não pode tomar as próprias decisões sozinha? Eu não acredito no que eu estou ouvindo. Essa foi a coisa mais absurda que eu ouvi nesse episódio, e olha que tivemos a Felicity dizendo que o comportamento do Ray não era creepy. Para vocês terem noção!

Totalmente ridículo, a Iris merece muito mais consideração do que isso. Alguém, por favor, bane os Joe de ter opiniões. Gostava muito do personagem, mas assim não dá, né. Barry está desde o início se sentindo meio estranho sobre mentir para a Iris, então aposto que nem ia ser muito difícil convencê-los. Vamos, Eddie, estou contando com você!

O Melhor:
+ Cisco e Caitlin sabem sobre dr. Wells
+ Cisco recuperando as memórias
+ Felicity, meu amor <3

O Pior:
- Ray, pare de estragar a série alheia. 
- Abelhas. É sério, ok.
- PAREM DE MENTIR PARA A IRIS!!!!!!!


Nota: 6,0

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1