Image Slider

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Review: The Flash 1x17 - "Tricksters"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "Tricksters", exibido no dia 31/03/15.


the flash 1x17

Episódio passado Barry chegou à conclusão que dr. Wells é do mal e está de alguma forma envolvido no assassinato de sua mãe, então é óbvio que ele não está confiando muito nele no momento. Mas também não pode simplesmente dizer a verdade sem prova nenhuma, então enquanto isso Barry precisa fingir que está tudo bem e que ele e Wells ainda são amigos.

Ele e Joe continuam um pouco confusos sobre como Wells poderia estar envolvido no assassinato, mas ainda assim o sangue que encontraram na cena do crime não pertencer a ele. Tudo isso é respondido nos flashbacks do episódio, quando descobrimos que Wells não é Wells. Quer dizer, para falar a verdade não importa muito pra gente porque nunca nem conhecemos o Wells de verdade, mas o que estamos vendo agora é na verdade o o Eobard Thawne – parente distante do Eddie – que é o Reverse Flash e veio do futuro. Ele voltou ao passado perseguindo o Flash, por motivos ainda obscuros, e acabou ficando preso, sem poder voltar para seu tempo atual. É então que ele resolve roubar a identidade de Wells e agilizar a construção do acelerador de partículas.

Vemos o Wells verdadeiro por alguns poucos minutos, com sua esposa, Tess, sendo fofo. Parecia ser um cara legal, mas não dá para julgar com tão pouco. Thawne induz um acidente que mata a Tess e então com um aparelhinho meio Fringe ele transfere o rosto do Wells para ele. Ou tão perturbador quanto isso. Dessa forma, ele mata o verdadeiro Harrison Wells e rouba sua identidade completamente, colocando seu plano em ação.

Isso só serve mesmo para explicar um pouco mais de onde ele veio e por que o sangue não bate com o do Wells, já que isso teria sido antes quando sua forma ainda era outra. Mas, em geral, não muda muita coisa. Eobard, Wells, ou seja lá como queiram chamá-lo, continua sendo o culpado pela morte de Nora e alguém mal-intencionado. Estou mais curiosa para saber o porquê dele estar atrás do Barry – ou da Nora? – para começar.

the flash 1x17

Mas isso foi no passado. No tempo presente, Wells ainda se finge de bonzinho e Barry tem que continuar trabalhando com ele, até mesmo para conseguir proteger todo mundo. Um novo vilão da semana – humano normal dessa vez! – está a solta, o Trickster. Imitando um antigo bandido que está preso, ele quer aterrorizar a cidade, explodir tudo e essas coisas de sempre.

Barry e Joe vão até o antigo Trickster para ver se conseguem descobrir quem é o atual, mas ou ele é muito bom ator ou eles não são bons detetives, porque o Trickster os enganou direitinho. Fingindo ter colocado uma bomba no meio da cidade, o mais novo aproveitou que todos policiais estavam distraídos e conseguiu retirar o antigo Trickster da cadeia. Revelando, no fim, que na verdade os dois estavam trabalhando juntos desde o início. E não só isso, em uma cena à la Star Wars, Trickster revela que na verdade é o pai do outro. Ok, né.

Para completar eles ainda sequestram o pai do Barry, cujo nome eu achava que era Harry até o momento mas é Henry, só para os policiais ficarem meio na dúvida sobre o que fazer. Barry, é claro, fica bastante abalado com isso, ele já estava mal por não confiar no Wells, e agora seu pai foi sequestrado. A vida não está nada fácil para ele.

Enquanto todos ficam sem saber o que fazer, os Tricksters invadem um evento do prefeito que Iris está cobrindo e envenenam todo mundo, dizendo que vão dar um antídoto para quem transferir todo o dinheiro que tem para eles. Queria saber como eles vão conferir se a pessoa transferiu tudo ou só uma parte, mas ok. Iris acaba ligando para Joe e o Flash logo vai salvar todo mundo.

Eles conseguem colocar uma bomba no pulso de Barry, e ele precisa sair correndo para não disparar. O único objetivo dessa cena é só mostrar como Wells (vou continuar chamando-o assim, porque já me acostumei) também tem poderes de velocidade, por isso que consegue descrever tão bem o que Barry deve fazer. E Barry percebe isso, yay.

Bom, depois que tira a bomba do pulso, Barry consegue salvar o pai e é tudo muito fofo. Por um momento achei que iam fazê-lo ficar fora da prisão mesmo, mas aparentemente foram só alguns minutos e Joe ia levá-lo de volta. Vacilo.

the flash eddie thawne

Na parte menos emocionante do episódio, temos Iris investigando o desaparecimento do colega dela. Wells o matou, mas os únicos que sabem disso são Barry e Joe porque deduziram, e em vez de contarem pra ela, vão simplesmente se enrolar mais nas mentiras. Como ela pediu para Eddie investigar, eles acabam tendo que trazê-lo para o grupo também, para que ele não acabe contando coisas demais para a Iris.

Eu confiei em você, Eddie. Não faça eu me arrepender se juntando com essa trupe.

É, eles acabam contando a verdade para o Eddie sobre a identidade do Barry. Por mais que eu fique feliz de ele saber, ainda estou irritada por essa demora em falar a verdade para a Iris. Barry mesmo disse nesse episódio que não sabe por que não conta, e no episódio com o dia alternativo em que ele conta pra ela, ele diz “eu não queria que você descobrisse assim”. Então conta nos seus termos, menino! Eu sei que prometeu ao Joe, mas sério é uma péssima ideia.

Odeio todos eles conversando sobre como esconder a verdade da Iris, como se ela não tivesse direito de saber. Espero que Eddie – que disse que não concordava muito com isso – acabe dizendo alguma coisa. Ou faça Barry mudar de ideia.

Mas nesse episódio pelo menos não foi, porque ele acaba indo na onda e inventando uma história que o cara se mudou pro Brasil. Porque isso faz todo sentido.

O Melhor:
+ Backstory do Wells/Eobard
+ Eddie descobrindo a verdade
+ Henry Allen 

O Pior:
- Por que eles ainda estão tomando decisões pela Iris?

Nota: 7,5

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1