Image Slider

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Review: Arrow 3x18 - "Public Enemy"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "Public Enemy", exibido no dia 01/04/15.


arrow public enemy

Depois do ataque do episódio passado, a polícia – e por polícia, eu quero dizer Capitão Lance – está ainda mais focada em capturar o Arrow. Lance ainda está na fase de “raiva” do luto e descontando totalmente no Oliver, que não contou sobre a morte da Sara. Por isso, monta de novo aquele esquadrão anti-vigilante da primeira temporada e volta a caçá-lo, querendo, de uma vez por todas, acabar com isso.

Por um lado, acho que até faz sentido o Lance querer prender todos vigilantes, afinal de contas o que eles estão fazendo É ilegal. Mas as motivações dele estão todas erradas, então continuo chateada por causa disso. Mas o que mais me irrita mesmo, é que o jeito dele de conseguir capturar o vigilante não faz o mínimo sentido. Lance literalmente já sabe a identidade de metade do Team Arrow, e por mais que eu entenda que ele não queira do nada prender a Laurel (imagino que no mínimo ele deva se sentir um pouco conflituoso sobre isso), seria muito mais inteligente levar a Felicity ou o Roy para questionamento e pressioná-los para dizer a identidade do Arrow. Aliás, teria sido muito mais eficaz, porque o Oliver teria se entregado sem nem pensar duas vezes e poderíamos ter cortado metade desse episódio.

De qualquer forma, ele não pensa nisso, e procura prendê-lo do jeito antigo: perseguição policial. Não dá certo, mas isso não é nenhuma surpresa.

arrow ra's al ghul

Até que ele é sequestrado por Ra’s, que aparentemente ainda está passeando por Starling City, e conta que o Oliver é o Arrow. Até o momento, eu estava firme na minha headcanon que o Lance estava só fingindo não saber que era o Oliver, então foi meio decepcionante perceber que ele parecia não saber mesmo. Ele até aceitou fácil a ideia, então no mínimo devia desconfiar, mas sério, só não descobrir isso devia ser o suficiente para perder o distintivo, porque não era muito complicado.

Lance, é claro, está ainda mais focado em culpar o Oliver agora. Não sei que provas eles têm para de fato condenar o Oliver – a palavra de Ra’s não tem muita força em um júri -, mas logo é divulgado que Oliver é o Arrow e os policiais começam a caçá-lo, levando Oliver a se entregar.

A raiva de Lance, no total, é bastante infundada, como podemos perceber pelo seu último diálogo com Oliver, no qual ele culpa Oliver por todos acontecimentos, inclusive por Merlyn. Ok, para tudo, como é que o Oliver é culpado por isso? Malcolm tinha o Undertaking planejado há anos, e o único motivo de não ter sido ainda piro foi que o Team Arrow salvou metade da cidade. Aliás, se fomos tão longe a ponto de que o Oliver é culpado pela morte da Sara, porque ele a levou no Gambit, então é um passo para culpar o Malcom, quem de fato fez o Gambit afundar, e por consequência todas as coisas ruins acontecerem na vida do Oliver e da Sara.

Não me importo do Lance querer prender o Oliver pelas coisas de vigilante, mas ficar culpando-o pelas ações do Malcolm já é demais para mim. Quando finalmente vamos responsabilizá-lo por suas ações? Ugh.

arrow 3x18

Mas é claro que Oliver não pode ficar preso por muito tempo, já que é o principal da série, e pelo menos uma pessoa concorda que Oliver não deveria ser preso: Roy. Ele resolve consertar isso ele mesmo e, nos últimos minutos do episódio, rouba a roupa de Arrow do Oliver e intercepta o carro que está o levando, entregando-se como Arrow. Roy, bebê, o que você está fazendo? Vamos pensar um pouco antes de agir, ok. É isso que dá ter o Oliver como exemplo.

Não foi o ato mais surpreendente do mundo, porque durante o episódio deu para ver a linha de pensamento do Roy, mas ainda assim foi um bom semi plot-twist. Logo no início do episódio, quando eles estão fugindo dos policias e depois Roy conversa com Thea, ele fala sobre como ele deveria estar preso, então daí para se entregar no lugar do Oliver foi um pulo. Fico bem sentida pelo Roy, porque ele ainda se culpa pela morte do policial na temporada passada quando, na real, nem foi culpa dele, já que estava pela influência do Mirakuru.

A única coisa que me tranquiliza é saber que Oliver vai ficar totalmente indignado com isso e vai arranjar um jeito de salvá-lo. Por mim, eles podiam tentar arranjar um jeito de fazer isso legalmente, porque com certeza o Roy deve ter álibis para vários dos crimes cometidos. Aliás, esperemos que o Roy tenha usado uma roupa limpa, que não tenha sangue e DNA do Oliver todo espalhado por ele, senão isso só serviu para incriminar o Oliver ainda mais. Mas, de qualquer forma, tenho certeza que o caminho escolhido por eles será algo como resgatá-lo da prisão, com a ajuda do Ray – como vemos na promo – e talvez com a ajuda da Liga também. Afinal, já sabemos que no 3x20 o Team Arrow já vai estar em Nanda Parbat, agora a questão é só saber se vai ser só a prisão do Roy que impulsionará a decisão ou se terá algo ainda mais impactante (como a morte de um personagem).

Por enquanto, só vou ficar aqui preocupada com o resto do Team Arrow, principalmente agora que todas identidades estão reveladas.


Tirando pela cena na delegacia – que foi ótima! -, o Team Arrow estava desfalcado por um membro: Felicity. Não sei de quem foi a ideia de fazê-la ter uma storyline tão desconexa com o resto nesse episódio, mas foi péssimo. O tempo todo eu não conseguia parar de pensar “alguém avisou a Felicity disso??”, ela literalmente estava em perigo, já que o Lance já sabia sobre sua identidade e podia acabar sendo presa, mas ninguém pareceu se preocupar com isso. A própria Felicity continuou no hospital como se estivesse super segura. E isso ignorando também que a flecha que Ray recebeu deveria ser para ela, ou seja, a Liga pretendia matá-la antes e a qualquer momento pode resolver cumprir a missão.

Mas, ok, vamos deixá-la em um lugar público sem se comunicar com os outros membros do grupo, isso faz todo sentido.

Lidemos com o que temos: Ray foi atingido por uma flecha no início do episódio, defendendo a Felicity. Yay, finalmente alguma utilidade para o personagem! Agora ele está no hospital, e o médico diz que ele tem muitas chances de morrer, o motivo não vou nem comentar porque tenho 99% de certeza que não faz sentido, medicamente falando. Mas não tem problema, porque a solução para o problema vai estar ainda mais errada, Ray desenvolveu uns mini-robôs que iriam entrar em seu sistema e destruir o coágulo em seu cérebro, e Felicity acaba injetando nele e ele fica curado. Ninguém liga.

Durante tudo isso, a mãe da Felicity aparece para dar apoio emocional para a filha e dar em cima dos médicos. Ela serve principalmente como alívio cômico, mas também nos dá mais algumas informações sobre o pai da Felicity, sobre como ele parece ser algum tipo de criminoso, o que é interessante.

No fim, a parte que mais importa dessa storyline – mas que não é o suficiente para compensar ela não estar presente na outra parte do episódio – é que Ray diz a ama. Vou fingir que acredito, já que nem 24h antes na cronologia do episódio ele disse que nem confiava nela, e deixar isso passar. Felicity fica chocada com essa informação e sai dali o mais rápido possível, super desconfortável ao perceber que não o ama de volta.

Depois de contar para mãe o acontecida, Donna diz para a filha o que todos nós já sabíamos: ela está apaixonada pelo Oliver. Continuo esperando a própria Felicity falar sobre seus sentimentos ao invés de terceiros, mas me contendo com isso, já que sempre foi minha interpretação que Felicity não tinha muita consciência sobre o que sentia pelo Oliver. Só quero deixar claro que achei meio estranho o comentário de Donna sobre a Felicity ter se iluminado quando viu o Oliver, porque naquela cena específica, a Felicity só parecia mais muito constrangida do Oliver e Donna estarem se conhecendo.

Mas isso são águas passadas, agora estarei só no aguardo para a Felicity terminar com o Ray. 

O Melhor:
+ Team Arrow defendendo o Oliver
+ Oliver se entregando para proteger os outros
+ E o Roy se entregando para defender o Oliver
+ Adoro amigos leais ok
+ Lance finalmente sabe a identidade do Oliver. Amém.
+ Felicity percebendo seus sentimentos sobre o oliver

O Pior:
- Felicity excluída da maior parte das cenas do Team Arrow
- Lance culpando Oliver por tudo. Vilão? Sério mesmo?! Oliver vai ter que achar o autor agora para mudar isso.
- Shado tinha uma irmã gêmea. Quando Arrow vai parar de usar tramas dignas de novelas mexicanas?

Nota: 7,0

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.


0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1