Image Slider

terça-feira, 31 de março de 2015

Review: Once Upon a Time 4x17 - "Best Laid Plans"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers dos episódios "Best Laid Plans", exibido no dia 29/03/2015!

snowing

Começamos com um flashback de onde a história parou: Charming e Snow acabam de descobrir que seu bebê tem chances de se tornar um vilão e procuram, assim, um unicórnio que os mostrará o futuro de seu filho. Bom, o que o unicórnio revela? Charming tem uma visão de Emma bebê no meio da floresta e tudo tranquilo, o que o deixa feliz, afinal só pode significar que a filha será uma pessoa boa. Já Snow, no entanto, tem uma visão muito diferente: vê Emma adolescente a encarar duramente e depois arrancar seu coração. 

Com um desvio no caminho, eles acabam esbarrando no aprendiz de Feiticeiro, o qual já sabe exatamente o que os está incomodando. Ele logo diz que todos nascem com uma parte boa e má. É assim que as coisas são, qualquer uma das visões poderia estar certa, afinal existe a liberdade de escolhas, além desse não-maniqueísmo. Obrigada, alguém finalmente ensinou isso para a Snow e o Charming. Mas claro que ele não podia parar por aí e o casal sair de lá com os corações mais leves, ele tinha que dizer que havia uma chance de tirar essa 'predisposição' para a maldade da criança. A ideia? Transferir essa maldade para um outro ser que também estivesse em desenvolvimento. E é aí que pensam: por que não o ovo da Malévola que tinham ouvido falar? Seria um animalzinho mesmo, quem se importa... Sério, que ideia de giríco. Aliás, fiquei surpresa em ver que o aprendiz simplesmente tenha dado essa opção horrível para eles. Ele parece tão generoso e simpático antes, o que aconteceu? Aliás, estranhamente, essa questão do casal de que Emma viraria vilã explica as dúvidas que tiveram quanto aos poderes de Emma e seu descontrole.

Mas ok, eles então vão atrás da Malévola e até passam pela Cruella e Úrsula. Apesar da vilã estar em sua forma de dragão, ela logo apela para o coração de Snow 'de mãe para mãe' com medo que ela mesma machuque o ovo, enquanto tentava atingir o casal. A única coisa em que isso resulta é a Snow roubando o ovo assim mesmo e dizendo que voltará com ele. Encontram então com o aprendiz novamente, que faz o feitiço e surpreende nossos heróis com uma revelação: a criança será mandada para outro 'mundo'. Sim, era um bebê mesmo. Está aí a segunda revelação, mas claro que quando Snow e Charming percebem a burrada que fizeram já é tarde demais. Úrsula e Cruella até aparecem tentando entender o que está acontecendo, quando caem no portal. Agora sim, podemos respirar aliviados porque assim nos dão mais uma explicação: como as duas vilãs já estavam no nosso 'mundo sem magia'.

queens of darkness rumple regina
Já em Storybrooke, Malévola conta com a ajuda de Rumple para descobrir o que aconteceu com seu bebê no começo do episódio, e, apesar de não tê-lo ajudado a recuperar a página do livro de Henry, Rumple a mostra o que aconteceu trinta anos atrás. Tchan tchan tchan... Quem chutou que realmente era a Lily, bom, acertou! Vemos a pequena sendo adotada e recebendo seu nome. O que fiquei pensando foi o seguinte: a Lily, então, tem duas vezes mais maldade que uma pessoa normal, mas ainda sim, não demonstrou nada quando a vimos nos flashbacks. Isso só pode dizer que por mais que talvez ela tenha essa 'predisposição', a criação dela a fez uma pessoa boa, pelo menos até aquele momento em que a vimos. Por que apesar de ninguém ter pensado nisso, isso faz sim diferença. Foi o que o aprendiz quis dizer quando falou para Snow e Charming guiarem o caminho de sua filha. 

Enquanto isso, o episódio inteiro serve como paralelo do casal Charming, no presente, lutando entre contar a verdade ou simplesmente mais e mais mentiras. Só consegui revirar os olhos nesses momentos. Vamos lá, pessoal, vocês são melhores que isso. Mas se serviu de alguma coisa foi para vermos, mais uma vez, que os herois tem seus defeitos e que os dois estavam tão preocupados em como ela vê os dois que deixam  esse medo falar mais alto. Snow, no entanto, é quem vai percebendo que podem estar piorando a situação e até levando Emma para esse caminho 'negro' com todas essas mentiras. 

Eles passam por muita indecisão, mas chegam a conclusão de que o melhor é destruir a página do livro: sem o Autor, sem a possibilidade de Emma virar vilã. Isso, ignorem o sonho da Regina em encontrar o final feliz dela. Tenho que falar que o David não teve boas ideias nesse episódio. Zero. Eles vão para a casa do Feiticeiro, onde sabem que Henry se escondendo com o livro, e, apesar das vilãs terem tentado pegar a página, os Charmings encontram o neto com a verdadeira e a chave para a porta. Claro que não demora muito para mentirem de novo e exigirem que Henry os deixe com a página sozinhos. 

snowing"Heroes do what's right, not what's easy" ("Heróis fazem o certo e não o mais fácil")

Apesar dos planos iniciais, Snow percebe finalmente que não podem destruir sonhos e ignorar tudo só porque querem acabar com a ameaça - na verdade com uma possibilidade -, escolhendo o caminho mais fácil e mentindo para todos. Snow, lindamente, lembra de seu coração escurecendo e chega a conclusão de que ele sempre foi assim, ele não ficou "mau" de uma hora para outra. Acho que ela entendeu que todos nós temos um pouco dessas oposições em nós. Podemos ver essa cena como um paralelo de Charming no flashback. Snow odeia os unicórnios em cima do berço de Emma porque a lembram da visão que teve da filha, mas principalmente, por causa do que fizeram com a Malévola. Snow chega a conclusão de que foram egoístas e não gentis como seriam os verdadeiros heróis. Charming, no entanto, cria esperança, esperança de que haverá uma redenção, se perdoarão um dia e espalharão as melhores das intenções. Só assim eles criarão sua filha no melhor ambiente e, dessa forma, os unicórnios passam a representar o quanto pode ser fácil desviar do caminho certo. 

Voltando para o presente, o casal decide não destruir a página, até porque olha a forma como estaria agradecendo à Regina, depois dos sacrifícios que ela fez para ajudá-los, além de guardar o segredo deles. Não só isso, como decidem que é a hora de contar a verdade para a Emma. Amém. Pena que a filha não recebe muito bem a notícia, com certa razão, vamos combinar. Apesar de eu estar feliz que, pelo menos, ela descobriu deles.

Sério, o paralelo da Emma falando que não se importava com a Snow ser sua mãe me deixou tensa. Ainda mais com os olhares que ela deu de decepção para os pais. Emma sempre teve problemas em confiar nas pessoas e devo dizer que isso a mentira a abalou tanto exatamente por causa disso. Essa quebra na confiança que Emma demorou, mas finalmente criou com os pais, foi um choque. Um choque que todos nós já pensamos que podia levá-la para o mal caminho, mas já vou explicar daqui a pouco que talvez essa não seja a causa afinal - devido os acontecimentos finais do episódio.

emma swan

Eu estava preocupada com a explicação dessa história com a Malévola e o Autor, e como pareciam ter furos, mas incrivelmente fiquei satisfeita com as respostas. Descobrimos, no final do episódio, finalmente quem é o Autoe através do August. Pinóquio nem retendo informações importantes, né? Mas tudo bem, ele não estava em boas condições por causa das transformações que sofreu, então está perdoado. O Autor é um cargo e não uma pessoa única. Além do autor que tanto falam, houve outros, e quem está preso no livro foi o último a existir. Não só isso, mas ele está ali porque foi banido pelo aprendiz de Feiticeiro. Ele não era a melhor pessoa do mundo e começou a manipular as histórias porque achava legal. Agora, lembram da minha estranheza quanto às intenções do aprendiz ao dar aquela escolha para os Charmings? Pois é, tudo não passava do Autor manipulando tudo. Achei genial, apesar das consequências que isso tudo teve e tirando a raiva que estou desse autor no momento.

A minha teoria agora é a seguinte: Emma vai entrar para o lado negro da força porque o tal Autor é maluco e provavelmente vai querer ficar mudando todas as histórias. Sério, mesmo sabendo que ele foi preso por esse motivo, eles libertaram o Autor. Claro que não fiquei nada surpresa quando ele enganou todo mundo e conseguiu fugir dos nossos heróis. 

Por fim, não podemos esquecer da Regina. Durante todo o episódio ela tenta ao máximo atrasar o grupo de vilões para que conseguissem descobrir quem era o Autor, mas infelizmente quando chega com a página forjada que Emma fez, Rumple decide que não confia mais nela e a deixa desacordada. Tudo que sabemos é que ele tem algo que irá persuadi-la a ajudá-lo e tudo que consigo pensar é no Robin Hood. Será que Rumple o sequestrou?

O melhor
Snow finalmente percebendo o certo a fazer e contando a verdade.
Explicação para a modo estranho de agir do aprendiz de Feiticeiro.
Charming e Snow na cena com os unicórnios.
Paralelo da Emma e Snow, apesar de ser triste.
Fui surpreendida com a explicação do Autor estar preso e a história do bebê.
Lily!
A interação da Emma com o Hook.

O pior
Charming e suas ideias.
O Autor. Argh.

Nota 9,2

Mariana Oliveira Sou estudante de Publicidade, toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Comecei a me envolver com os personagens de tal forma que só o tumblr faria. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1