Image Slider

quinta-feira, 19 de março de 2015

Review: Arrow 3x16 - "The Offer"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "The Offer", exibido no dia 18/03/15.


arrow the offer

Depois de um breve hiatus, Arrow voltou com um episódio surpreendentemente bom. Quem acompanha minhas resenhas sabe que não estou lá muito satisfeita com essa temporada, mas dessa vez nem tenho muito o que reclamar.

Como já sabíamos, Ra’s quer que Oliver seja seu herdeiro, virando o novo Ra’s al Ghul. Ele faz uma propaganda até bastante boa, sempre com aquele nível básico de manipulação psicológica, como um vilão que se preste, fazendo um discurso disfarçado de profecia, mas para mim estava mais para uma ameaça mesmo, só o Oliver que não entendeu isso. Ele diz que eventualmente a cidade vai ficar contra ele, com a polícia querendo caçá-lo novamente e, então, ele vai morrer sozinho. Isso atingiu em cheio Oliver, porque ele estava com medo que essas coisas aconteceriam.

Mesmo um pouco abalado com a proposta, Oliver resolve deixar em aberto a proposta e voltar para Starling City, levando Diggle e Malcolm com si, já que Ra’s resolveu ser legal e deixá-los ir. Ainda que inicialmente ele pensasse em rejeitar, Oliver fica pensando na possibilidade. Depois que descobre que Lance está irritado com ele e Felicity está com Ray, Oliver interpreta as situações como sinais de que Ra’s estava certo e considera ainda mais a possibilidade.

Eu estava com medo de que eles fossem fazer o raciocínio do Oliver ser meio sem sentido, porque para mim os escritores andam deixando de explorar a linha de pensamento do Oliver e, muitas vezes, só ficamos com o “por quê???”. Esse não foi o caso, podemos vê-lo ficando bem chateado com os acontecimentos e, de fato, a proposta de Ra’s não é tão desinteressante, se ele fosse o novo Ra’s al Ghul e mandasse o pessoal da Liga parar de matar, eles provavelmente o obedeceriam. De qualquer forma, por melhor que a proposta fosse, Oliver não poderia aceita-la e, com um pouco de ajuda, ele acaba percebendo isso e rejeitando a proposta.

Ele só não levou muito a sério o aviso de Malcolm e de Maseo quando eles disseram que a oferta estava mais para uma exigência. Agora Ra’s vai fazer sua profecia acontecer, obrigando Oliver a aceitar. Eu estou imaginando que o Team Arrow inteiro vai ser obrigado a sair de Starling City depois que suas identidades forem reveladas e vão se refugiar em Nanda Parbat. Pelo menos é o que eu estou torcendo para que aconteça.

nyssa al ghul 3x16
Agora, ainda ficamos naquela dúvida: por que Ra’s quer tanto que Oliver seja seu substituto? A explicação que ele dá é porque Oliver sobreviveu à luta e tudo mais. Eu, pessoalmente, gosto mais da teoria da Nyssa, que isso tudo foi só para ensinar uma lição nela, porque ele não queria que ela fosse a verdadeira herdeira por causa de seu amor pela Sara. Por mais que a explicação de Ra’s seja sobre como o amor e dedicação dela a enfraquecia, não é difícil perceber o subtexto homofóbico que isso implica. Afinal, se fosse só por amar alguém, o Oliver estava bem longe de ser um candidato adequado.

Por mim, a melhor escolha seria o Oliver aceitar e logo em seguida entregar o posto para Nyssa e voltar para Starling, pronto, todo mundo sai ganhando. Mas já que isso não vai acontecer, estou torcendo para que essa temporada termine com a Nyssa matando o pai e se tornando a nova Ra’s al Ghul. Se isso não acontecer, já podem me considerar decepcionada. Enquanto isso não acontece, ela vai embora da liga para Starling City e fica conversando com a Laurel. Eu pessoalmente espero que ela esteja só criando seu plano sobre como matar o pai e não só fazendo uma visita, mas não temos confirmação. Por enquanto, elas só estão bonding sobre problemas familiares.

Mas acredito que isso seja bom, porque está bem claro que o que a Nyssa mais precisa é de uma amiga. Morri de vontade de dar um abraço nela.

E uma amizade não vai fazer mal à Laurel, que está precisando de cenas mais carismáticas. Seu pai continua irritado com ela por não ter contado sobre a morte da Sara, e com razão já que o ela fez foi péssimo. Se ao menos ela tivesse seguido meus conselhos, nada disso teria acontecido.

Por causa de sua decisão, Quentin não está bravo só com ela, mas com o resto do Team Arrow também, já que eles sabiam sobre a Sara e não falaram nada. Honestamente, não culpo tanto o resto das pessoas, porque realmente não era o lugar deles interferir em dramas familiares. A Laurel que era a irmã da Sara, filha dele, e disse para ninguém contar. Por mais que discordassem, acho que ninguém estava na posição de ir lá e contar mesmo assim, estragando a família da Laurel.

Mas isso sou só eu. Lance discorda de mim e culpa todo mundo, pronto para voltar a sua persona da primeira temporada e caçar o “vigilante”. Eu fiquei bastante desconfiada quando soube que ele ia voltar a isso, porque parecia uma regressão, desfazendo todo o desenvolvimento que teve entre ele e o Team Arrow. Mas eu achei que até fez sentido tudo isso, espero que eventualmente Quentin perdoe Laurel e todo o resto e fique de bem de novo, mas não penso como uma completa regressão. Até mesmo porque seres humanos podem regredir e desfazer relacionamentos, não é tão inacreditável assim.

arrow 3x16

Quem voltou com o Oliver para Starling City foi o Malcolm. Afinal, eles tinham voltado lá para buscá-lo e infelizmente não se esqueceram disso no meio do caminho, parece que a oferta do Ra’s não foi uma distração suficientemente boa. Como sempre, continuo sem entender o porquê dele ainda estar na série. Sério, ele não acrescenta em nada no momento.

E o pior de tudo é que Oliver ainda o abriga na sua própria casa, onde a Thea está. Gente, deixa essa menina em paz, tira o Malcolm de perto dela, pelo amor de Deus! Muito sem noção, Oliver, deixa de ser insensível. Thea fica se debatendo se deve matar o Malcolm ou não, mas apesar da minha torcida, ela acaba decidindo deixá-lo viver, porque sua mãe não iria querer isso. Tudo bem, eu entendo que Thea esteja se referindo à imagem que ela tem da mãe que não condiz com a realidade, mas sério, em que mundo Moira Queen ia querer isso? Se Moira estivesse aqui, ela mataria Malcolm com suas próprias mãos. O pensamento de que Moira iria se importar que Thea matasse Malcolm não faz absolutamente nenhum sentido.

Mas é isso que Thea acredita, e depois acaba saindo de casa – porque ela não é obrigada a ficar o encarando também – e vai direto para Roy. Os dois se beijam, uhul! Não tenho nenhum sentimento muito forte sobre o ship, mas acho bem fofo, principalmente agora que os dois não têm mais segredos.

E por falar em fofura, o que foi Olicity nesse episódio? Me trouxe flashbacks da primeira/segunda temporada de tão boa que suas interações foram. Senti falta desse tipo de cena entre os dois, chega de drama! No início, eles ainda estão meio que se estranhando, Oliver não está querendo falar sobre a oferta, Felicity ainda não está entendendo porque Oliver quis salvar Malcolm (e eu também), e então Oliver vê ela e Ray juntos... Mas eles conversam e é a coisa mais linda.

Podemos ver Oliver literalmente se distanciando de Felicity quando ela se aproxima de mais, vemos como ele está magoado por ela estar com Ray. Mas logo em seguida, quando Felicity diz que ele é um dos melhores amigos dela, e depois no final do episódio quando Felicity diz que está feliz por ele estar em sua vida, dá para ver como isso afeta o Oliver. Também fica bastante claro que o quer que esteja acontecendo entre ela e Ray, Felicity sabe muito bem que gostaria de estar com Oliver na verdade.
Ao longo do episódio, Felicity ajuda Oliver a perceber por que ele está defendendo a cidade ainda e por que não deveria aceitar a oferta, uma pena que Oliver não tenha muita opção.

felicity arrow 3x16
Olha só a linguagem corporal! (Fonte)

O Melhor:
+ Olicity intergindo, conversando, yay.
+ Nyssa é uma fofa, podemos fazê-la fazer parte do Team Arrow por um tempo? Por favor!
+ Oliver nos flashbacks com o filho do Maseo, nos preparando para a próxima temporada quando o Connor deve aparecer.
+ Lazarus Pit aparecendo. Não duvido nada que alguém vá morrer dentro dos próximos episódios e ser ressuscitado por ele.
+ Thea e Roy

O Pior:
- Malcom ainda está vivo
- Thea dizendo que a Moira não iria querer que ela matasse o pai.
- Thea se esquecendo (de novo) do Robert. Thea, você teve um pai normal por doze anos da sua vida, o que está falando?


Nota: 8,0

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1