Image Slider

quinta-feira, 19 de março de 2015

Review: Agents of SHIELD 2x13 - "One of Us"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers dos episódios "One of Us", exibido no dia 17/03/2015!

aos 2x13
Karla Gideon. Uma mulher que tem lâminas no lugar de suas unhas. Ela aparece comendo um bife e assistindo televisão como quem não quer nada na vida até que Cal aparece em sua porta e faz uma proposta de vingança contra a Shield. Além dela, o grupo de vilões é composto por mais três homens: um bastante forte, outro responsável pela tecnologia e mais um (recém-escapado de um hospital especial) que tem como poder suas cordas vocais deixarem pessoas desacordadas. E assim Cal forma seu grupo de supervilões. Por que? Bom, parece que sua rixa com Coulson continua.

Já Skye está lidando com seus poderes e parece até estar controlando-os assim como controlava seu nervosismo com Melinda. No entanto, temos mais uma etapa. A Shield tem protocolos a cumprir e Skye entra no index de inumanos e pessoas perigosas, mas não é só isso, ela precisa ir a um psicologo para ele avalia-la. Ou melhor, deixe que ele vem até ela. Andrew. Ex-marido de Melinda May. Não, vocês não leram errado. Nossa May foi casada e se dá superbem com o ex - há resquícios do relacionamento, talvez? A questão é que o fato não só nos deixa curiosos como a Skye, que sai metralhando Andrew com perguntas sobre os dois. A verdade é que o começo é difícil. Skye está experienciando algo completamente novo e incontrolável em sua vida, mas não quer enfrentar o fato. É difícil se abrir e ver como as coisas complicaram, Quem diria que sua procura por seus pais resultariam em tudo que descobriu e aconteceu? Adorei como nessa 'trajetória do herói' da série, pudemos ver um pouco de Skye tentando refletir sobre si mesma, ou pelo menos sendo forçada a isso. Os poderes são algo muito interno e acho que funcionam em sincronia com a pessoa. Essa é a chave de controlá-los, quem sabe. Não há uma fórmula ou algo de concreto a se fazer no momento, heróis não vem com manuais, mas cabe à Skye começar a se aceitar e entender melhor a si mesma.

melinda may
Apesar da rigidez das conclusões do psicologo, concordo com certas coisas. Skye foge dos assuntos que a incomodam, os põe de lado e finge que não existem, mas mais do que isso, ela acha que tudo voltará como era antes, será a agente que era antes e tudo não passará de uma época ruim. May mesma critica esse pensamento quanto ao trabalho de Skye como agente. Mudanças acontecerão, isso é fato. Quanto à May, foi legal ver um pouco de sua vida pessoal e saber coisas pequenas como ela não saber cozinhar ou que o ex a faz rir.

Coulson encontra os vilões como Cal queria. O local? A cidade-natal de Coulson em Wisconsin. O diretor se "entrega" enquanto Bobbi fica espiando, mas Skye (depois de convencer Andrew que aguentaria encontrar o pai)e May aparecem para distraí-los. E acreditem, o inumano sem olhos aparece mais uma vez e, acreditem (2), pega Cal e evapora dali. Isso serve, pelo menos, como vantagem e Coulson, Bobbi e May começam sua batalha contra os inimigos. Tudo acaba bem, como sempre, mas vemos durante tudo isso a batalha interna de Skye. Admito que queria muito que os poderes viessem em uma boa hora e, por sua vontade de ajudar seus amigos, Skye conseguisse controlá-los, pelo menos uma vez. Tenho certeza que isso a daria esperanças, mas não foi dessa vez. Ainda temos muito da evolução dela para vermos. O fato é que nossa querida Quake cria hematomas em si mesma. Não só isso, eles representam a quebra de ossos em seu braço. É, parece que Skye não estava amenizando coisa nenhuma, ela estava contendo os poderes, sim, mas contendo-os dentro de  e prejudicando a si mesma. Ai, será que ninguém viu super-heróis o bastante para saber que é preciso abraçar seus poderes e não fingir que não existem.

cal zebo
E quanto ao pai de Skye? Bom, ele é libertado pelo homem sem olhos com o aviso de parar de chamar atenção e se intrometer. Aliados da Shield no fundo, talvez? O interessante é que Skye e May distraíram o grupo com Skye como refém da Shield e Cal parece ter acreditado. Será que usarão isso alguma hora? Skye meio infiltrada é possível? Quem sabe consegue informações e a ajuda do pai com os poderes? Foi o que pensei na hora, mas com esse final, Cal não tem a força (metaforicamente) que tinha antes, então vai saber.

No meio disso tudo, temos Simmons e Fitz brigados. Jemma continua a culpá-lo por sua mentira quanto aos poderes da Skye e sem perdoá-lo. Bobbi até tenta ajudar, mas a cientista é cabeça-dura. Ai, Simmons, eu te entendo, mas tente entender o Fitz também. Eu sei que todos da equipe estão sensíveis a mentiras depois de Ward, mas, se Jemma acha que ele a traiu escondendo Skye, Fitz se sente traído também pelo fato de ela ter ficado longe porque ele estava diferente. Como Bobbi disse, todos eles mentem já sendo agentes e os comentários de Jemma fizeram Leo ficar na defensiva, acontece. Bom, não sei se foi o papo com Bobbi, mas Simmons e Fitz, sem querer e sem os dois perceberem, se entendem em uma simples conversa sobre May e seu ex. Espero que isso seja um sinal de que a dupla está voltando sua amizade. Aliás, na hora, achei que alguns dos questionamentos como "se eles se dão tão bem, por que não estão juntos?" serviam para a Fitzsimmons, mas parece que nenhum dos dois notaram. E olha que nem estou falando na frase romanticamente.

Aliás, por falar nele, cadê o Ward? Admito que falta não sinto, ainda mais com tudo que vem acontecendo, mas queria saber o que ele está fazendo no momento? Ele apareceu rapidamente na promo do próximo episódio, será que ele tem a ver com a revelação do final do 2x13? (Calma, estou chegando no final).

Enquanto isso, temos Hunter e Mack. Nosso querido futuro-agente-interino está prisioneiro de Mack, preso com algemas em um banheiro aleatório. Mack até que tenta puxar conversa, mas a traição e mentiras não são esquecidos tão facilmente. No final, os líderes de Bobbi e Mack finalmente chegam e Hunter é levado junto. Pensa que acaba aí? Não, Mack faz a grande revelação: está trabalhando para "a verdadeira Shield", em suas palavras. Wait, what? Exato, sintam minha expressão confusa. Hunter sendo quem é não vai confiar no que eles falam tão cegamente assim. Quero saber mesmo como será o próximo episódio!!

phil coulson

Ai, sério, odiaria que a do Coulson fosse a Shield falsa e tudo o que ele imaginou estar reconstruindo e mudando não foi nada efetivo. Isso me lembrou de May falando para o seu ex que a Shield mudou para melhor e ele concluindo que está enganada. Coulson sempre acreditou muito no que faz e não quero ele sinta o sentimento de impotência quanto ao futuro da organização. Claro que, vamos combinar, ele fez muito a diferença e espero que saiba.

Isso tudo me deixou com muitas dúvidas e teorias. Acho genial que tenham pensado na possibilidade de terem outras "facções" da Shield que se formaram, afinal depois da grande 'quebra' que a Hydra causou como manteriam a unidade assim facilmente? Como confiar em muitos agentes quando a organização estava entranhada de inimigos? A situação gerou dúvidas e criou mais de um grupo que acredita estar reconstruindo a Shield. A questão é: eles têm o mesmo objetivo de Coulson? Eles são conhecidos como a "verdadeira Shield"? Isso significa que o grupo do Coulson é visto como inimigo? (Apesar de terem escolhido se infiltrar ao invés de acabar com ele, então dá para eliminar a hipótese). A minha teoria de ser a Maria é a única que eu tenho, apesar de não conseguir entender porque ela criaria outra Shield sabendo que Fury deixou isso nas mãos do Coulson. Mas, vai ver o Fury queria que a Shield do Coulson fosse de faixada, enquanto verdadeira estava escondida. Apesar de isso não explicar porque ela estaria de olho na caixa do Fury. Ou isso tudo é muita conspiração? Poderíamos até pensar o embrião da storyline para a Civil War e a separação das ideologias, mas acho que é cedo demais para isso, afinal o filme do Capitão América sobre o evento sai só daqui a um ano.

O melhor
A revelação de uma "verdadeira Shield".
Momento fofo entre Jemma e Leo fofocando.
Skye conversando com Andrew e no princípio de uma auto-descoberta.
Um pouco da vida pessoal de May.
Conversa entre Coulson e Skye, enquanto comem queijo quente. (Ela continua chamando ele de diretor, weird. Chama pelo nome.)
Homem sem olhos salva o dia. Ok, parte dele.

O pior
Coulson e seus conflitos. Por favor, Shield falsa não.
Não sei que quero o Ward ligado a história da "verdadeira Shield".
Skye contendo seus poderes e causando machucados. 

Nota 9,0

Mariana Oliveira Sou estudante de Publicidade, toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Comecei a me envolver com os personagens de tal forma que só o tumblr faria. 

2 comentários:

  1. Sobre o episodio 13 da segunda temporada eu percebi que Simmons, queria de alguma forma se aproximar de Fitz, foi como ela já havia comentado com Bobbi em outro episodio, que não imaginava a vida dela sem Fitz!. Ela foi para Hidra para ajudar a SHIELD. Mas como uma forma de manter distância, por medo de mudar a relação entre ela e seu amigo, que falou e demonstrou ter mais que sentimentos de amigo por ela. Eu acho que ela ficou balançada com o gesto de Fitz e não sabe lidar com isso. Ela também tem sentimentos por ele, além de uma amizade,e mentiu para Bobbi em outro episodio quando esta a questionou sobre a amizade. Mas daqui até Simmons assumir, muita água vai passar por debaixo dessa ponte e o que ela acha ser carinho, já se tornou algo mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, acho que ela ainda tem muito a entender sobre os sentimentos dela e tudo mais, mas só de ver os dois voltando a ser amigos e confidentes me dá esperanças de voltarem a ser melhores amigos, pelo menos

      Excluir

 
UA-48753576-1