Image Slider

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Review: Arrow 3x14 - "The Return"

Atenção: a resenha contém spoilers do episódio "The Return", exibido no dia 18/02/15.

arrow the return

Temos uma inversão de ambientes nesse episódio: flashback em Starling e tempo atual na ilha. Seguindo o conselho do Malcolm (o porquê ainda tento descobrir), Oliver e Thea se mandaram para Lian Yu, a ilha mais popular do momento. Lá eles podem fazer todo o tipo de coisa divertida, como passear pela praia, fazer caminhadas, lutar um contra o outro e visitar prisioneiros da ARGUS. Cadê promoção para ganhar uma viagem até lá?

Inicialmente, Oliver e Thea ficam só bonding, treinando lutar, porque pelo o que parece eles não podiam fazer isso em Starling e nem questionaram o objetivo de Malcolm ao mandá-los para lá. Ah, inocência. Bom, estou super feliz que Thea saiba do segredo e Oliver também está, dá para ver em seu rosto como está satisfeito de poder ser meio honesto nesse episódio.

E, ao final dele, Oliver deixou todas as mentiras de lado. Sim, estou falando sobre a Sara! Os escritores ouviram meus pedidos e resolveram que, de fato, storyline de esconder a verdade da Thea já tinha passado do tempo, e ela finalmente coloca Oliver contra a parede – aproveitando que eles estavam em uma cela – e exige que ele conte para ela o que estava escondendo. Parabéns pela honestidade tardia, Oliver, você está aprendendo. Agora só falta contar para a Laurel.

Thea fica bastante chocada ao descobrir que, esse tempo todo, ela era a assassina de Sara. E não culpo ela, quem não ficaria? Thea tem mais juízo do que muitos nessa série e vai direto culpar o verdadeiro culpado: Malcolm. Ele que fez isso com ela e com a Sara. Agora quero vê-lo pagar por isso, e sei que a Thea vai fazer isso por mim. Aguardarei ansiosamente.

A viagem não dura muito, provavelmente só uns dois dias, e logo Thea pode dizer cara a cara que se demite como filha do Malcolm. Ele tenta se explicar com o que provavelmente foi a pior desculpa do mundo, mas dessa vez Thea não quer ouvir, ele passou – e muito – dos limites. Porque o Undertaking aparentemente não tinha sido passar dos limites ainda. Thea diz que pode até trabalhar para ele, mas que não vai mais ser sua filha. Eu preferia que eles cortassem todo tipo de ligação, mas aceito o que recebo.

slade wilson 3x14

O motivo dessa volta tão rápida para Starling foi simples: Slade. Seu propósito no episódio foi nulo a não ser por dizer “Slade está de volta” no comercial. Eu esperava mais, mas honestamente Slade nunca foi meu vilão preferido, então nem preciso dizer que esse episódio foi bem meh. O ator pode até ser legal, mas não ligo muito se o Slade voltou por um episódio.

Ele saiu da cela dele por causa do Malcolm, que gosta de atazanar a vida das pessoas, e resolve prender Oliver e Thea em seu lugar, forjando sua morte em Starling. Porque ninguém nunca vai checar o agente em Lian Yu, ok, ARGUS sistema super falho o de vocês. Slade consegue prendê-los, mas com a ajuda do braço magro da Thea, eles conseguem escapar. Foi um jeito bastante ridículo de conseguirem sair da prisão, mas nada de tão absurdo para os padrões de Arrow.

Depois disso, temos algumas lutas entre Slade e os dois Queen. Não sei como o Slade ficou tão bom assim, porque pelo o que eu me lembro ele só conseguia vencer o Oliver por causa do Mirakuru e, assim que foi curado, Oliver o prendeu bem facilmente. Não sei como agora, que ele teoricamente estava mais fraco por ficar na cadeia todos esses meses, sem sol, comida ruim e tudo mais, e sem Mirakuru ele quase derrotou não só o Oliver, mas a Thea, que é bem excepcional na luta e ainda tinha o fator surpresa ao seu lado. Também queria saber porque o Slade continua tão bravo, pensei que parte disso fosse só Mirakuru, como foi com o Roy, mas não vejo diferença alguma em sua personalidade.

No fim, Thea acaba vencendo Slade, pronta para matá-lo, arma apontada e toda raiva acumulada, mas Oliver a convence que essa não era a escolha certa. Eles acabam o prendendo de volta na prisão, onde devem procurar por um novo guarda, ou sei lá. Antes de sair Slade faz uma última ameaça implícita sobre a Felicity, fazendo Oliver mandar sua cara de assassino para ele. Não sei se eles pretendem fazer o Slade apareceu mais uma vez, mas se ele for mesmo voltar, tenho certeza que vai atrás da Felicity dessa vez. Provavelmente vai ser um episódio mais interessante do que esse.

tommy merlyn 3x14

E Starling City? Como estão todos? Não faço ideia, porque a série não se deu o trabalho de mostrar. Temos, entretanto, informações sobre eles nos flashbacks, quando podemos ver todos nossos personagens preferidos cinco anos antes. Menos Roy, ele devia estar na escola.

Nosso querido e amado Tommy voltou, só para nos lembrar que os escritores perderam todo esse potencial o matando na primeira temporada. Nunca vou superar isso. Ele está lá, fazendo uma festa de aniversário, servindo como irmão da Thea, mesmo sem saber que ele realmente era seu irmão. Thea está sendo ela mesma da primeira temporada, comprando drogas e indo em festa só para maiores. Adorei ver a interação deles dois, mas só me deixa triste, porque eles nunca puderam interagir como irmãos de verdade. Tenho certeza que Tommy estava se revirando no túmulo toda vez que o Malcolm interagia com a Thea, ele nunca deixaria isso acontecer.

Laurel também está de volta, tendo momentos fofos com o Tommy. Nunca acharei um ship mais adequado para ela do que ela e Tommy. Ela também tem cenas com Quentin, que estava no auge de seu alcoolismo. Por sinal, eles dois são os únicos a aparecerem no tempo atual em Starling. Quentin está bravo sobre ela ter mentido sobre a Sara e com razão, estou no lado dele, mas espero que façam as pazes um dia, porque fico triste com essas relações familiares abaladas. O flashback da Laurel intensifica como ela queria ajudar os outros e fez direito para isso, e termina com ela recusando um trabalho que dá dinheiro e aceitando outro emprego em Starling City, provavelmente o mesmo que ela tinha na primeira temporada.

Por fim, vemos Felicity por breves segundos no flashback. Descobrimos que Oliver tinha a visto na QC alguns anos antes, apesar de eles não terem se conhecido oficialmente. Quero saber se Oliver a reconheceu, se ele se esqueceu disso ou só não disse nada... Exijo respostas.

Por fim, Oliver quase foge de volta para casa e abandona sua missão, quando se depara com uma mensagem do pai, dizendo para ele ser melhor que ele e resolve salvar o mundo uma última vez. Depois de conseguir, os militares prometem que ele só precisa voltar para Hong-Kong brevemente e depois pode ir para onde quiser... Mas algo me diz que não será tão simples.

O Melhor:
+ Tommy nos flashbacks. Don’t go breaking my heart </3
+ Thea sabendo da verdade e acabando com o Malcolm
+ Thea e Oliver interagindo, foi fofo.

O Pior:
- Episódio bem chatinho
- Slade. Quem liga.
- Como o Oliver acessa o sistema com suas próprias digitais, entra na mansão Queen, que provavelmente tem seguranças e câmeras e ninguém fica sabendo?
- Por que ainda aceitam trabalhar com o Malcolm? Quando isso terá fim?

Nota: 6,8

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1