Image Slider

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Review: Arrow 3x10 - "Left Behind"

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers do episódio "Left Behind", exibido no dia 21/01/15.


arrow 3x10

O mid-season finale terminou com um grande cliffhanger: Oliver morrendo. E depois de semanas lendo milhares de teorias e fanfics mostrando como ele sobrevive e como o resto reage, finalmente sabemos o que de fato acontece!

No início do episódio, Oliver está desaparecido há três dias, Dig e Roy estão preocupados, mas continuam o trabalho de vigilante, enquanto Felicity está em negação, agindo como se tudo estivesse normal. Foi interessante vermos o Team Arrow sem o Oliver para ofuscar o resto, dando mais espaço para Roy e Diggle se destacarem.

Somos introduzidos a um novo vilão – que deve ficar por alguns episódios, mas não é O vilão da temporada -, Brick, que eu fiquei achando que já tinha sido aparecido em Arrow e eu não conseguia lembrar quando, mas acabou que eu estava lembrando do ator em Elementary. Brick é bom de montar planos, e mais malvado do que os vilões da semana normais. Ele libertou alguns prisioneiros de Iron Heights, que estavam esperando por julgamento, e se livrou da evidência, para que assim eles não pudessem ser julgados. Nunca vi prisão tão fácil de fugir quanto Iron Heights, hein.

Por legal que ele seja como vilão, é inegável que todo mundo estava mais interessado na outra parte do episódio do que essa. Afinal, nós nem conhecemos esse Brick e sabemos que no fim ele vai ser preso, morto ou fugir mesmo. Não tem como prestar atenção quando outras coisas tão importantes estão acontecendo na vida dos nossos personagens preferidos. Dito isso, ainda estou levemente curiosa para saber o que ele vai fazer, qual exatamente é o plano dele para dominar os Glades (que fixação com o lugar, até parece que Starling City não tem outro bairro), e, mais importante, como vão vencê-lo sem o Oliver? Eu, pessoalmente, espero que o Team Arrow + Laurel + polícia consigam capturá-lo antes do Oliver voltar, só para mostrar que eles conseguem também. 

3x10 arrow felicity

Plot-b à parte, vamos ao que interessa: luto. Luto define o episódio, principalmente em relação à Felicity, podemos vê-la claramente passando pelos cinco estágios nesse único episódio, e eu simplesmente amo quando isso acontece. Emily merece todos os prêmios por esse episódio, porque ela totalmente roubou a cena de todo o resto que estava acontecendo. No início, a vemos se recusando a acreditar que Oliver não iria voltar, mesmo já tendo se passado alguns dias sem notícias. Mas nós vemos como Diggle e Roy não estão tão confiantes assim, e isso vai a afetando aos poucos, ela mesmo sabendo que, no fundo, está em negação.

Quando Malcolm Merlyn aparece – pela segunda vez – trazendo a espada que matou Oliver, é o ponto de divergência, em que Felicity é obrigada a aceitar que de fato Oliver está morto. Também podemos ver Felicity ir direto para a fase de raiva, descontando tudo no Merlyn, que merece algo muito pior do que ela gritar com ele. Campanha: Mate o Malcolm 2015, por favor, ela vem junto da campanha “Falem a verdade para a Thea 2015”. Senti falta de um tapa na cara do Malcolm, espero que a Thea esfaqueie ele ou algo assim quando descobrir tudo.

De volta para Felicity, também a vemos interagindo com o Ray. Surpreendentemente, eu gostei do modo que as cenas foram feitas. Felicity está um pouco receosa de ajudá-lo e, depois que aceita a morte de Oliver, ela toma a decisão de não ajudá-lo. Eu não acho que isso vá durar muito, e acredito que no fim ela vá acabar se juntando a Ray, mas por esse episódio achei que foi bastante apropriado o jeito como ela lidou. Também vi pela primeira vez o Ray sendo um pouco mais incisivo, cortando a Felicity quando ela começa a falar sobre a Anna, continuo não gostando muito dele (e por mim, ele pode ir feliz para uma spin-off própria e não voltar mais), mas senti que foi uma das cenas que ele soou mais real para mim. É claro que Felicity estava projetando sua própria relação com Oliver na fala dela sobre a Anna, e a fala dela foi muito mais sobre ela e Oliver do que Ray, porém esse momento serviu para nos mostrar um pouco mais sobre Ray também.

arrow 3x10

Assim como ela não quer ajudar Ray a morrer, Felicity também não quer que Roy e Dig saiam feridos. Isso acaba causando um certo conflito entre eles, porque quando os dois estão tentando capturar Brick, Felicity fica com medo de eles morrerem e acaba deixando que os bandidos fugissem. E é claro que eles não ficaram nem um pouco felizes com isso, dizendo que queriam ter se arriscado e que ela não podia ter tomado essa decisão. Eu entendo totalmente o lado da Felicity, ela acabou de perder o Oliver, e eles dois são os melhores amigos dela que sobraram. Isso tudo leva Felicity a dizer a frase da promo “There’s no this without him” (Não tem isso sem ele), meio que marcando sua saída do Team Arrow. Foi bastante dramático, ela até desligou as luzes ao sair, deixando Dig e Roy no escuro, só para demonstrar como os escritores amam metáforas sobre luz.

Com Oliver morto e a Felicity não querendo participar disso sem ele, Roy e Dig ficam sem liderança, sem saber o que fazer. Diggle quer continuar fazendo o trabalho de Oliver, mas Roy tem suas questões, dizendo que é outra coisa fazer isso sabendo que o Oliver não vai voltar.

 É nesse momento que entra a Laurel, que foi finalmente escrita como merece nesse episódio. Se no início a vemos atuando como advogada, defendendo a justiça por meios legais, ao final do episódio temos o verdadeiro início de sua trajetória como Black Canary. Sim, continuo irritada com a morte da Sara e ainda acho que essa trajetória da Laurel poderia ser com a irmã viva, mas do jeito que aconteceu deu para ver toda a linha de pensamento da Laurel e fez sentido. Ela teve uma ótima conversa com Diggle, aproximando-se pela primeira vez dos outros personagens da série, e então notou que talvez ninguém mais fosse proteger a cidade. E é quando ela resolve vestir o figurino da Sara e ir para a rua buscando justiça.

Não acho que vá dar tudo certo, e espero que não dê mesmo, para ser mais realista, já que a Laurel só treinou por uns dois meses e olhe lá. Só espero que os episódios focados nela sejam melhores do que eu espero.

oliver arrow 3x10

Mas peraí, e o Oliver? Ele morreu mesmo?

Surpreendendo absolutamente ninguém, Oliver volta a vida no final do episódio. Eu honestamente esperava que ele fosse ficar inconsciente pelo menos até episódio que vem, então isso foi até uma surpresa. Acabou que quem resgatou o Oliver foi o Maseo, e o motivo está nos flashbacks, mais uma vez sendo realmente relevantes.

Em Hong Kong, Tatsu tinha sido sequestrada pela Chien Na Wei, e obviamente Waller não está se importando nem um pouco. Então Oliver resolve ele mesmo ajudar Maseo a encontrá-la, colocando GPS em um dos carinhas da Triad. Ao descobrir isso, Maseo diz que tem uma dívida com Oliver. Que foi paga agora.

De volta ao presente, Maseo leva Oliver para Tatsu, que ainda está viva, para que ela possa trazê-lo de volta à vida. Estou feliz que ela esteja viva, porque já estava achando que eles iam matá-la para criar uma backstory trágica para o Maseo, o que ia ser péssimo, mas agora imagino que o filho deles dois tenha morrido, levando o Maseo a entrar para a Liga.

Não foi explicado como ela trouxe Oliver de volta, espero que no próximo episódio a gente descubra mais. Também quero saber porque, se ele já acordou nesse episódio, ele não vai ligar para ninguém para avisar que está vivo. Será que ele vai sofrer efeitos colaterais da ressuscitação? Espero que não, mas não confio suficiente nos escritores para acreditar que eles não vão fazer isso.

O Melhor:
+ Diggle tendo falas!! Recebendo atenção e participando de verdade do episódio!!
+ Felicity passando pelos estágios de luto
+ Felicity se recusando a trabalhar com o Ray
+ Laurel como BC não foi tão ruim quanto poderia ser
+ Tatsu está viva!

O Pior:
- Por que ninguém contou a verdade para a Thea ainda?

Nota: 8,5

Flávia Crossetti - Estudante de psicologia, carioca, feminista, leitora compulsiva, pseudo-escritora e viciada em mais séries do que deveria.

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1