Image Slider

domingo, 11 de maio de 2014

Review: Reign 1x21 - "Long Live The King"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Long Live The King", exibido no dia 08/05/2014!

fraryO episódio começa com o retorno de Francis da guerra. Temos então um momento fofo entre ele e Mary se reencontrando depois de tanto tempo, mas não demora para Henry estragar tudo, falando que a rainha da Inglaterra morreu e que devem entrar em guerra para dominarem o trono.

Mary e Francis ficam preocupados, mas antes selam o reencontro. As brigas são passado agora e a saudade que sentiram foi mais forte. Enfim, eles acabam conversando sobre o assunto e Mary já não tem tanta certeza se vai honrar o trato com Henry e reivindicar o trono da Inglaterra. Ao invés disso, ela acab escrevendo uma carta para Elizabeth, mas é interceptada. O casal e Catherine se juntam para discutir o quão sério Henry está sobre voltar à guerra, e enquanto Francis quer tentar se conectar ao pai e convencê-lo à ter calma, Catherine e Mary concordam que Henry é um caso perdido.


Durante uma viagem de caça juntos, conhecemos mais sobre Henry quando ele conta para Francis sobre seu passao. O abandono do pai, o sofrimento e vida independente com o desprezo do pai fizeram ele se tornar quem ele é hoje, Henry demonstra que gostou de conversar com o filho, já que nunca foram muito próximos, e parece concordar finalmente em dar um tempo nas batalhas. Mal sabem que Catherine e Mary resolveram seguir com os planos de envenenar o Henry.

mary catherineEnquanto isso, Lola e Julien parecem ter finalmente uma vida tranquila e sem segredos até que descobrimos mais um segredo do dito Lorde. Descobrimos na verdade é Remi, um secretário do verdadeiro Lorde Julien, que morreu num incêndio. A situação me lembrou de diversos filmes e até de Mad Men, parece ser comum confundirem mortos e as pessoas tomarem o lugar das outras. Enfim, quando o tio do verdadeiro Lorde aparece, Remi entra em desespero e acaba contando tudo para ela, com a finalidade de obter sua ajuda para despistar o tio. Ele declara seu amor, já provado afinal ele ficou lá, mesmo quando sabia que estava se arriscando, porque a amava. Mas óbvio, que não é uma coisa fácil de engolir e, apesar de ajudar na mentira, Lola se mostra irritada com o marido. No final, mas uma morte aleatória acontece, como sempre. Acho que Reign não sabe como matar alguns personagens que estão no caminho. Bom, qual é a bola da vez? O tio descobre tudo, Lola dá um empurrão nele e ele acaba tendo seu pescoço perfurado e morre.

Entendo o sumiço do personagem na série, afinal, Lola vai voltar para a corte agora, e assim os escritores podem criar quanto drama eles quiserem. Fiquei me perguntando como fariam com mais plots fora da corte, já que as ladies irão casar. Ou será que elas vão sumir um pouco? Bom, a verdade é que não iam tirar a Lola tão fácil assim dos problemas dela e ser feliz com outra pessoa, então...

Já Kenna e Bash também tem sua própria história. Bash continua procurando, sempre que pode, pelo "Darkness' e acaba encontrando um garoto na floresta todo sujo de sangue e que parece ser pagão. Pascoal, nome que a criança revela, se dá muito bem com a Kenna, que acaba conseguindo conversar com ele, quando ninguém conseguia. Ele se abre com ela, e gostei de ver um pouco desse lado maternal e protetor da Kenna. Então, eles conseguem o nome de um local onde o tal monstro pode estar, e Bash resolve ir, enquanto manda Kenna para a casa deles longe da corte.

Ela leva Pascoal junto, como uma forma de protegê-lo e dá-lo conforto, mas é claro que fica magoada com Bash, já que o marido disse que iria com ela. Foi fofo ver a declaração aberta dos dois nesse episódio: Kenna se preocupa muito e só quer que ele volte para ela, assim como Bash diz que só quer ficar com ela, mas precisa terminar esse assunto antes. Perto do final do episódio, temos então uma revelação. Investigando mais a fundo o passado do garoto, Kenna descobre que o pai de Pascoal foi morto e, como vimos em um flashback, o culpado é Bash. Wow, ele tentando proteger o garoto e o garoto sabe que foi ele quem matou seu pai. Só consegui pensar no discurso de Bash sobre não pensar muito sobre se o cara que matou para salvar Mary tinha família, pois isso só o deixaria pior. Mas parece que o destino veio a ele, e estou curiosa para saber no que isso vai dar. Achei interessante vermos o fato por outra perspectiva, digamos.

henry






















Voltando ao núcleo principal, Francis avisa a mãe e a esposa de sua vitória com o pai, e eles têm tempo de parar os planos que tinham para Henry. Mas surge um problema: outros tentam matar o rei. Francis fica magoado com a Mary. Óbvio, ela tentou matar o pai dele. Ela tenta falar o porque ela fez o que fez e que queria fazer algo pela França que sabia que ele não conseguiria. Eu sabia que ia acontecer isso, a Mary foi contra a promessa que fez ao Francis e o relacionamento deles seria afetado. O tema confiança entre os dois está complicada, mas o que mais me chamou atenção nessa cena foi o Francis falando que ela parece outra pessoa. 

Desde o último episódio, vemos que Mary ganhou um lado mais frio e calculista, o que me dá um pouco de medo sobre até onde ela vai com isso. Ela está começando a parecer com alguém que conhecemos: a Catherine. Entendo que as vezes é preciso jogar sujo na corte, mas espero que ela aprende que seu outro lado, otimista e generoso, também é bom. Acho interessante termos um pouco dessa discussão, mas espero que ela não ultrapasse os limites. Acredito que Francis a ajude de certa maneira e, vendo pela promo, ele finalmente perceberá que o pai não tem salvação. Além disso, podemos ver que mais uma vez Mary vai se impor de tal forma que até Catherine diz que "preferia a Mary de antes". A resposta da Mary, vocês perguntam? "Muitos irão. Ela era mais fácil de matar".

Percebem com toda a situação que alguém ganharia muito com os acontecimentos: o Duque De Guise, e parece que ele ganhou a confiança de Henry. Não só isso, mas a sanidade do rei parece ter decaído monstruosamente desde que falou com o filho. Henry começa a falar sozinho e chega a conclusão "genial" que a solução para seus problemas seria matar Francis e casar com a Mary. Sim, um momento wtf grandioso. É ai que vemos que ele realmente não tem mais volta, está louco e sem noção da realidade.


O melhor
+Adorei o vestido da Mary (na segunda imagem).
+Momento Frary no começo do episódio.
+Kenna e Bash se declarando, além de Kenna cuidando de Pascoal.
+Lola ajudando o Remi, apesar de tudo.

O pior
-História clichê de Julien, e a morte aleatória do tio do Lorde.
-Argh, a Lola vai voltar para a corte (adoro ela, mas...) e mais drama virá.
-Mary enganando o Francis.

Nota 8,5

promo

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1