Image Slider

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Review: Parks and Rec 6x21-22 - "Moving Up" (Season Finale)

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Moving Up", exibido no dia 24/04/2014!
























Esse episódio foi cheio de surpresas e decisões, como a Leslie mesma disse: ela tem que decidir sobre a mudança, está grávida de trigêmeos, fará uma apresentação em um evento em San Francisco e o Unity Concert é daqui a poucos dias.

Leslie está participando do evento nacional de Parks and Rec em San Francisco. Ben e Andy também foram, mas estão focados em arranjar wifi de graça para a cidade de Pawnee. Os dois tem uma missão difícil, afinal os representantes da tal empresa que organiza o wifi gratuito não querem cidades pequenas. Então uma coisa incrível aconteceu: quando voltam para uma segunda chance, Ben e Andy se deparam com as pessoas jogando Cone of Dunshire (sim, o jogo que o Ben inventou e ninguém entende nada!). Adorei ver o Ben todo orgulhoso de seu trabalho, ou melhor, hobbie. Ben admite que foi o criador, mas ninguem acredita, então ele propõe um duelo: se ele vencer, eles fazem um novo piching para Pawnee e o wifi. Claro, que nosso nerd preferido ganha, não só o jogo, mas o respeito na empresa. Ele acaba se sentindo mal por não ter patenteado, mas digamos que esse problema foi resolvido por Barney, daquele empresa de contabilidade em que todos amam o Ben.

beslie

Enquanto isso, vemos Leslie e seu conflito interno. O emprego novo seria um sonho, ela trabalharia com seus ídolos na área e até a Michele Obama, mas ao mesmo tempo percebe que a união entre Pawnee e Eagleton durará mais do que ela previu e ela quer estar lá, além de amar a cidade e ser um ótimo lugar para família. Nossa querida Leslie está cada vez mais confusa e apesar de ter se decidido pelo novo emprego, volta atrás rapidamente. Então, Ben resolve ajudá-la. Os dois vão parar num parque com vista para o Golden Bridge, onde Ben, fofo como é, apoia a esposa, falando que o novo emprego seria uma grande oportunidade para ela conhecer mais do mundo e poder ter seu nome em grandes marcos do país.

Leslie vê ali a oportunidade e finalmente se decide: aceitará o emprego e se mudará para Chicago com o Ben. O Unity Concert finalmente chega e conversando com seu novo chefe, Leslie descobre que tem duas vagas para contratar alguém para trabalhar com ela. Então vamos à luta! Tadinha da Leslie, mas ninguém quer ir, a não ser Larry e talvez o Andy, mas a April não deixa o marido.

tom haverfordEnquanto isso, Tom está com o bistrô incabado, mas tem a ideia de adiantar tudo e aproveitar o movimento da cidade por causa do Unity Concert. Um dia antes eles fazem um teste e digamos que é um desastre. As cadeiras que Ron está fazendo estão inacabada, e ele tem um padrão exato de perfeição à ser seguido e não pode ser apressado. Além disso, o menu vem com as fotos todas erradas e Craig está sem o paladar para provar os vinhos (por causa de uma alergia, acho). O sócio de Tom, então, acaba desistindo e tira seu dinheiro do projeto.

Tom resolve desistir, mas April e Ron se recusam a aceitar. Adorei que os dois tenham apoiado o Tom, ainda mais a April, que quebra um copo e fala que marcou com vários críticos uma vinda para o restaurante. Tom chama Jean Ralphio e Mona Lisa para ajudar, não que eles tem realmente ajudado, mas nos divertiram com certeza. Tom e Donna vão atrás dos artistas e famosos de Pawnee para serem sua lista de VIPs. O plano realmente funcionou e foi muito bom ver que o esforço de todos valeu a pena. Ron vai aos shows com Diane e as meninas, e como já sabíamos, encontra Tammy. A aparição da ex-mulher pareceu não significar muito, afinal achei que teria mais uma confusão causada por ela, mas acredito que a personagem tenha servido para nos mostrar que o Ron realmente mudou e já não cai em seus encantos. Com Diane e as crianças, ele amadureceu e tem mais tempo para se divertir, como mesmo disse.

andy dywerEnquanto isso, Andy se apresenta como Johnny Karate e encontra um ex-companheiro da banda. Vemos que isso o abala, já que sente falta de estar em uma banda. April percebe isso, e Andy recebe uma ótima surpresa quando é chamado para tocar com Lan Ho e todas as bandas no Unity Concert. Amei ver todos reunidos ali cantando "5000 Candles in the Wind", mas o melhor está por vir: depois de Dianne e Andy insistirem para Ron tocar, nosso querido Duke Silver aparece no meio do show. No bistrô, vemos Andy agradecer April e reafirmar seu amor por ela, a ponto de querer se separar só para poderem casar de novo. Desde o começo, achamos que poderia não dar certo entre eles por serem bem diferentes ou porque se casaram muito novos, mas devo dizer que Andy e April como casal dá muito certo. Os dois tem seu lado infantil, apesar de Andy ter um pouco a mais e April ser mais dark, e acredito que se completem de certa forma.

Depois de tudo, Leslie resolve ir conversar com Ron, em seu novo escritório. Enquanto Ron está a dando conselhos e falando que será uma aventura, em seu emprego perfeito e que ela não pode ter tudo que quer, Leslie, como sempre, acha uma saída. Ela sai correndo então, e adorei quando ela fala que não vai deixar barato o segredo do Duke Silver, mas que já perdoou e quer aprender a tocar. Bom, percebemos então que a ideia é que Pawnee seja a sede do Dept Nacional de Parks and Rec do Midwest, já que tem um baixo custo de vida, wifi de graça, economia emergente, e bom, como a April disse, a Leslie vai ficar em Pawnee porque nós somos muitos contra um e faremos você desaparecer para sempre. O terceiro andar, que Ron tinha reformado, cai como uma luva na proposta.

E assim se passam.... três anos (sim, três anos!!). Leslie está com uma franja, mas o mais importante: está correndo que nem uma louca e parece feliz. Temos uma pequena participação do Jon Hamm (Don Draper de Mad Men), que definitivamente me surpreendeu. Ben chega de smoking e parece chamar a atenção que ele e Leslie estão atrasados para algo. E então, April e Andy aparecem com as crianças e são tão fofas que quero chorar. Eu acho que senti um pouco falta de ver a Leslie grávida e lidando com três crianças bebês, mas talvez os escritores não quisessem falar de gravidez de novo, já que já teve a Anne.

O episódio teve a cara de um series finale. Muitos personagens voltaram a aparecer como os gêmeos Mona Lisa e Jean Raphio, o pai deles, o Barney da contadora, a banda Mouse Rat, uma das Tammys, e até o Lil Sebastian (ok, a projeção 3D dele). Cada teve uma importância no episódio, de certa forma. Além disso, o pulo de três anos com certeza dá essa sensação de final, mas fiquem calmos, ainda temos muito pela frente, ou pelo menos, a 7ª temporada confirmada. Adorei que tudo isso aconteceu e estou louca para saber como o novo trabalho de Leslie e as crianças vão criar uma nova dinâmica no show. Bom, parece que esse season finale quase foi o final da série, já que ainda não tinha sido confirmado pela NBC quando escreveram a história. Foi o que o produtor executivo disse em uma entrevista. Eles precisaram fazer algumas mudanças quando descobriram sobre 7ª temporada, com mais cliffhangers, mas o arco que começou depois das Olimpíadas teve seu final natural.

beslie
Wait a minute, perceberam que o Andy está com o braço quebrado? É, parece que vamos ter que esperar a próxima temporada para saber dessa história e para onde Ben estava indo todo arrumado com a Leslie...




















O melhor
+Andy e Alcatraz.
+Aparentemente o Larry agora se chama Terry.
+Ben se distraindo momentaneamente com a floresta.
+Os trigêmeos!
+Leslie sempre achando uma saída e conseguindo o que quer.
+Duke Silver no palco.
+April ajudando o Tom, o que mostra como a amizade deles evoluiu.

O pior
-Não consegui pensar em nada.

Nota 10

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1